Nicky Catsburg: o último vencedor

O holandês Nicky Catsburg (Hyundai i30 N) venceu a derradeira corrida no traçado do Eslováquia Ring, colocando ponto final no domínio da Audi que vencera as duas corridas inicias pelas mãos do francês Nathanael Berthon, a primeira, e do holandês Tom Coronel, a segunda.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

Com um bom arranque, do terceiro lugar da grelha, o holandês assumiu o comando, superiorizando-se ao francês Nathanael Berthon (Audi RS3 LMS) e ao húngaro Norbert Michelisz (Honda Civic), com o húngaro a cair até ao fundo do pelotão, em consequência de um “toque” dado pelo francês Jean-Karl Verney (Alfa Romeo Giulietta), que na corrida anterior tinha “atirado” com o argentino Nestor Girolami para os “rails”, com o carro a ficar de tal estado, que o piloto foi obrigado a renunciar à corrida.

No final Jean-Karl Verney assegurava o segundo lugar com Nathanael Berthon (Audi RS3 LMS), que ganhou a primeira corrida, a completar o pódio, enquanto Tom Coronel (Audi RS3 LMS) conseguiu superar o argentino Esteban Guerrieri (Honda Ciivc) e somar mais alguns pontos e a ficar mais perto de Yann Ehrlacher.

Apesar de ter tido uma presença discreta, traduzida num nono, oitavo e decimo-primeiro lugares, o francês Yann Ehrlacher (Lynk & Co 03) conserva o comando do campeonato, agora com 20 pontos de vantagem sobre o holandês Tom Coronel (Audi RS3 LMS), que venceu a segunda corrida efectuada no traçado eslovaco.

O português Tiago Monteiro (Honda Civic) arrecadou mais alguns pontos para o campeonato, graças ao s 13.º e 10.ºlugares alcançados nas duas primeiras corridas, já que na terceira foi obrigado a desistir, com o radiador furado.

No final do fim-de-semana, o piloto reconhecia que «não estávamos à espera destes resultados, mas não é fácil arrancar da segunda metade da grelha e os problemas com o carro também não ajudaram», mas não deixava de reconhecer que «sei que tenho capacidade para lutar pelos lugares da frente, como o demonstrei nas ultrapassagens que fiz nas partes mais técnicas da pista, mas perdia posições nas longas rectas, por o carro não ter a mesma velocidade de ponta dos meus adversários»

CLASSIFICAÇÕES

Corrida – 1.º, Nicky Catsburg (Hyundai i30 N), 11 voltas (64,958 km), em 24’20,767” (162,1 km/h); 2.º, Jean-Karl Verney (Alfa Romeo Giulietta), a 2,315’’; 3.º, Nathanael Berthon (Audi RS3 LMS), a 4,614’’; 4.º, Gilles Magnus (Audi RS3 LMS), a 7,039’’; 5.º, Mikel Azcona (Cupra Leon), a 7,968’’; 6.º, Tom Coronel (Audi RS3 LMS), a 15,579’’; 7.º, Esteban Guerrieri (Honda Civic), a 17,752’’; 8.º, Santiago Urrutia (Lynk & Co 03), a 18,508’’; 9.º, Luca Engstler (Hyundai i30 N), a 19,609’’; 10.º, Norbert Michelisz (Honda Civic), a 20,503’’. Classificaram-se mais seis pilotos.

Pilotos – 1.º, Yann Ehrlacher, 112 pontos; 2.º, Tom Coronel, 92; 3.º, Jean-Karl Verney, 89; 4.º, Gilles Magnus, 79; 5.º, Esteban Guerrieri, 78; 6.º, Nathanael Berthon, 74; 7.º, Yvan Muller, 73; 8.º, Nestor Girolami, 72; 9.º, Thed Bjork, 64; 10.º, Nicky Catsburg, 52; …; 16.º, Tiago Monteiro, 25. Estão clasificados mais quatro pilotos

Equipas – 1.º, Cyan Racing Lynk & Co, 185 pontos; 2.º, Comtoyou DHL Team Audi Sport, 166; 3.º, ALL-INKL.COM Munnich Motorsport, 150; 4.º, Cyan Performance Lynk & Co, 110; 5.º, Engstler Hyundai N Liqui Moly Racing Team, 74; 6.º, ALL-INKL.DE Munnich Motorsport, 68; 7.º, BRC Hyundai N Lukoil Squadra Corse, 63; 8.º, Zengo Motorsport Services KFT, 57

Próxima prova – Hungaroring (Hungria), dia 18 de Outubro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: