Nick Cassidy estreia-se com a “pole”

O neo-zelandês Nick Cassidy (Virgin) assegurou a primeira “pole” na Fórmula E, ao bater o francês Jean-Eric Vergne (DS) por 0,161”, com o francês a chegar à Super Pole de uma forma pouco ortodoxa.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

Integrado no segundo grupo de qualificação, que viu a volta lançada interrompida, em consequência do inglês Oliver Rowland (Nissan) ter “entrado pela traseira” do carro do inglês Sam Bord (Jaguar), que regressou à pista, depois de um intenso trabalho da equipa para montar um novo chassis, do qual se queixou, o francês teve, tal como os seus companheiros oportunidade para efectuar uma segunda volta de qualificação que o levou à fase decisiva da qualificação.

Sem surpresa, nenhum dos pilotos do primeiro grupo, que integrava o português António Félix da Costa (DS), conseguiu chegar à Super Pole, com o português a ser o segundo do grupo, atrás do holandês Robijn Frijs (Virgin), e a garantir o 13.º tempo no final da sessão, mas com a consciência que os DS estão competitivos, como o demonstra o tempo alcançado pelo francês, seu colega de equipa.

Grelha de partida – 1.ª linha: – Nick Cassidy (Virgin), 1’09,338”; Jean-Eric Vergne (DS), 1’09,499”; 2.ª linha: Alex Lynn (Mahindra) 1’09, 538”; Max Gunther (BMW), 1’09,614”; 3.ª linha: Sébastian Buemi (Nissan), 1’06,713”; Pascal Wehrlein (Porsche), 1’06,752”; …; 7.ª linha: António Félix da Costa (DS), 1’10,156”; Oliver Turvey (Nio), 1’10,239. Alinham mais 10 pilotos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *