Nasser Al-Attiyah feliz pela vitória em rali incrível

O piloto qatari Nasser Al-Attiyah (Toyota) considerou esta sexta-feira ter feito «um bom trabalho», que culminou com a vitória nos automóveis na 44.ª edição do Rali Dakar de Todo-o-Terreno, em Jeddah, na Arábia Saudita.

(auto.look2010@gmail.com)

«Foi um Dakar incrível para nós. Já não ganhávamos desde 2019», recordou Nasser Al-Attiyah, mostrando-se «satisfeito com os regulamentos da nova categoria T1», reservada aos protótipos. Nasser Al-Attiyah disse acreditar que «há três equipas sólidas capazes de vencer», frisando que fez «um bom trabalho para vencer».

«Tínhamos terminado em segundo desde que viemos para a Arábia Saudita, há dois anos (em 2020), e agora estamos muito satisfeitos por termos alcançado o nosso objectivo», frisou Nasser Al-Attiyah, sublinhando que a equipa Toyota Gazoo Racing «fez um trabalho incrível ao longo do ano construindo este carro novo» e que em «toda a prova decorreu sem um beliscão».

«Agora sabemos que temos um bom carro e faremos o nosso melhor para lutar pelo (novo) Campeonato Mundial», garantiu. Sobre a prova que esta sexta-feira terminou na Arábia Saudita, Nasser Al-Attiyah lembrou que conseguiu cavar «uma vantagem no primeiro dia» e que, desde então, pôde «geri-la».

«Estamos muito felizes e vamos começar a preparar a próxima edição do Dakar dentro de uma ou duas semanas», finalizou. Nasser Al-Attiyah gastou 38h33m03s para cumprir as 12 etapas da prova, deixando o francês Sébastien Loeb (BRX) na segunda posição, a 27m46s. O saudita Yazeed Al Rajhi (Toyota) foi terceiro classificado, o seu melhor resultado na prova.

Este é o quarto triunfo de Nasser Al-Attiyah no Dakar, depois de ter ganho em 2011 (VW), 2015 (Mini) e 2019 (Toyota), empatando com o finlandês Ari Vatanen. O francês Stéphane Peterhansel é o recordista, com seis triunfos em motas e oito nos automóveis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.