Nasceu a Synergy Driver Performance

A mais recente aposta de Duarte Félix da Costa e Gonçalo Gomes, que tem como foco total o automobilismo, germina com o claro intuito de apoiar e elevar jovens promissores pilotos nas suas carreiras.

(auto.look2010@gmail.com)

Duarte Félix da Costa

A ideia da Synergy Driver Performance nasceu da paixão, experiência e know-how de Duarte Félix da Costa e Gonçalo Gomes, dois pilotos, que competiram a um nível elevado em campeonatos do desporto automóvel Internacional. As duas principais áreas de actuação da Synergy assentam no lado de management de carreiras de jovens pilotos, apoiando-os no difícil e competitivo mundo do desporto automóvel internacional, focando-se por outro lado também na vertente de coaching e human performance, área de aperfeiçoamento de condução e toda a vertente técnico-humana inerente a um piloto de alta competição.

Para Duarte Félix da Costa, a Synergy «é o resultado de muitos anos a trabalhar com jovens pilotos». «Nos últimos anos acompanhei a carreira de muitos pilotos na Fórmula 4, Fórmula 3 e outras categorias de GT’s. O nascimento da Synergy é o passo lógico de todos estes anos, meus e do Gonçalo, onde angariámos não só muito conhecimento técnico como networking com as equipas, marcas e influenciadores desta área», acrescentou.

Gonçalo Gomes

«Este ano, apesar da situação complicada do Covid-19 que o mundo atravessa, vamos trabalhar com pilotos na Fórmula 3 e Fórmula 4 e também em GT’s com a Mclaren e ainda na Porsche CUP USA, campeonato que acompanha o IMSA», referiu Duarte Félix da Costa, que é também repórter expert da Eleven Sports no campeonato Mundial de Fórmula 1.

Também Gonçalo Gomes mostrou-se «focado e motivado com este novo projecto». «Há alguns anos que tinha esta ideia em mente, mas agora senti que é o momento certo de criar uma estrutura organizada como a Synergy, que quer diferenciar-se pelo rigoroso acompanhamento aos nossos pilotos», afiançou.

«Definimos também um objectivo de apoiar pilotos portugueses, é algo que temos como missão e temos já identificado um piloto com muito talento que em breve vamos anunciar e que se prepara para dar o salto para os monolugares», analisou Gonçalo Gomes, que mostra assim a vontade da Synergy apoiar não apenas pilotos estrangeiros, mas também procurar de certa forma ajudar pilotos portugueses a caminhar nas categorias de formação e evoluir nas suas carreiras.

Recorde-se que, como já foi referido, tanto Duarte Félix da Costa como Gonçalo Gomes são pilotos que estão actualmente fora do activo. Félix da Costa teve uma carreira de sucesso no karting, dando o passo para os monolugares em 2004, como piloto do Team Portugal, projecto apoiado pela Fundação Luís Figo. Passou pela Fórmula BMW UK, Formula Renault 2.0 Eurocup e mais tarde deu o passo para o mundo dos turismos e Grande Turismo, onde chegou a alinhar no WTCC (Campeonato Mundial FIA de Turismos). Em 2013 dedicou-se ao acompanhamento de jovens pilotos na área de performance e coaching.

Já Gonçalo Gomes foi também ele um dos valores seguros dos anos de ouro do automobilismo nacional. Depois de se sagrar Campeão Nacional de Fórmula Ford, deu o salto para o estrangeiro onde se sagrou vice-campeão Europeu de Formula Opel. Chegou a competir na Fórmula 3, direccionando depois a sua carreira para os GT’s, onde teve o seu ponto alto na participação nas míticas 24 horas de Le Mans, onde terminou na 7.ª posição dos GT2.

Na última década, Gonçalo Gomes tem-se dedicado ao coaching e também ao apoio de jovens pilotos, tendo sido um dos impulsionadores do projecto Nissan Driver Academy e do Mclaren World Fastest Gamer, marca com a qual mantém uma relação profissional desde 2015.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: