“Não se encontra em mais lado nenhum”

O Autódromo Internacional do Algarve, em Portimão, acolhe o Grande Prémio de Portugal, terceira prova da temporada, entre esta sexta-feira e domingo. Os pilotos enaltecem qualidade do circuito algarvio.

(auto.look2010@gmail.com)

Vários dos pilotos do Mundial de Fórmula 1 elogiaram o Autódromo Internacional do Algarve (AIA), na conferência de imprensa de lançamento do Grande Prémio de Portugal, que ali se disputa até domingo. Numa conferência de imprensa virtual e em que os pilotos se apresentaram aos pares, o espanhol Fernando Alonso (Alpine), que faz a sua estreia no asfalto algarvio, defendeu que «é um dos melhores circuitos em termos de “feeling” para a condução».

«É um circuito muito interessante, com curvas únicas, cegas, outras que pressionam muito os pneus, como a última. O limite de pista é crítico quando se leva o carro aos limites. Vai ser interessante testá-los. A desvantagem (para os outros adversários que conhecem a pista) julgo que não será grande. Preparámos muito bem no simulador», frisou o asturiano, que regressa este ano ao campeonato após dois de ausência.

O antigo campeão mundial de 2005 e 2006, que falou aos jornalistas portugueses numa sessão privada, lembrou ainda que «no ano passado, Portimão foi das corridas mais difíceis para a equipa». «Julgo que este ano o asfalto estará muito diferente. Espero que não tenhamos os mesmos problemas. Penso que pode ser um bom circuito para a Alpine», concluiu.

Já o francês Esteban Ocon, companheiro de equipa de Alonso na Alpine, revelou que a sua parte favorita do circuito «é a curva 4», pois «é verdadeiramente única». «É espectacular, complicada, porque é cega à saída. Não se encontra em mais lado nenhum», frisou. O piloto gaulês revelou estar «muito contente por estar de volta a Portugal», pois a do Algarve é uma «pista fantástica».

O canadiano Lance Stroll (Aston Martin) prefere «a curva 11». «Gosto da elevação desta pista, é muito divertido. Parece uma montanha-russa», sublinhou. O alemão Mick Schumacher (Haas) defendeu que esta é «uma pista muito divertida, com muitas curvas cegas», pelo que está «desejoso de guiar amanhã (hoje, sexta-feira)».

O japonês Yuki Tsunoda (Alpha Tauri), por sua vez, será um dos estreantes: «Não conheço a pista. Dei uma volta esta manhã, tem muitos altos e baixos. Vai ser um fim-de-semana diferente», acredita.

O alemão Sebastian Vettel (Aston Martin) antigo campeão mundial, diz que o AIA «é um grande circuito». «É bom estar de volta. Tem muitas subidas e descidas», apontou.

Outro antigo campeão mundial, o finlandês Kimi Raikkonen (Alfa Romeo) disse que esta «é uma pista agradável, diferente de muitas outras, com subidas e descidas e curvas cegas».

Portimão acolhe o Grande Prémio de Portugal, terceira prova da temporada, entre sexta-feira e domingo. O britânico Lewis Hamilton (Mercedes) lidera o campeonato, com 44 pontos, mais um do que o holandês Max Verstappen (Red Bull).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *