Nakagami e Lowes detêm domínio espanhol

Miguel Oliveira terminou treinos livres do Grande Prémio Teruel no 12.º lugar, mas o piloto luso acredita que este sábado, dia em que se disputam mais duas sessões de treinos livres e a qualificação vai melhorar ainda mais.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

Se na primeira sessão de treinos livres, os pilotos espanhóis ocuparam a primeira posição nas três categorias, na segunda o japonês Takkaki Nakagami (Honda), em MotoGP, e o inglês Sam Lowes (Kalex), em Moto2, puseram esse domínio em causa, já que em Moto3 o melhor tempo foi do espanhol Jerome Alcoba (Honda).

Em MotoGP, o japonês Takaaki Nakagamo foi o mais rápido, impondo-se ao espanhol Maverick Viñales (Yamaha) e ao inglês Cal Crutchlow (Honda), que acabaram por ficar com os três melhores tempos do dia.

O português Miguel Oliveira (KTM) melhorou quase um segundo, de uma sessão para a outra, foi 12.º na sessão e terminou o dia na mesma posição, sendo de assinalar o facto do espanhol Iker Lecuona (KTM), em oitavo, posição desconhecida para ele até agora, a ser o melhor dos pilotos da marca austríaca, com o seu compatriota, Pol Espargaro (KTM), a fechar o lote dos 10 primeiros.

O espanhol Joan Mir (Suzuki) que, após a corrida anterior, assumiu o comando do campeonato, foi quinto, atrás ainda do francês Fabio Quartararo (Yamaha), o seu mais directo perseguidor em termos de luta pelo título.

Segundo na sessão de abertura, o inglês Sam Lowes (Kalex) fez o melhor tempo, em Moto2, na segunda, à frente do espanhol Jorge Navarro (Speed Up), com os dois a serem os únicos que chegaram ao segundo “51”.

Mais rápido do dia, o inglês levou, de forma clara, a melhor sobre os italianos Enea Bastianini (Kalex) e Luca Marini (Kalex), que estão, com Sam Lowes, na luta pelo ceptro.

Mais rápido na segunda sessão de treinos livres de Moto3, o espanhol Jerome Alcoba (Honda) não conseguiu bater o tempo feito na primeira sessão pelo seu compatriota, Jaume Masia (Honda), que ficou com a melhor marca do dia por 0,004”.

O espanhol Raul Fernandez (KTM) registou o segundo tempo, à frente do argentino Gabriel Rodrigo (Honda), mas ambos foram mais lentos que o italiano Romano Fenati (Husqvarna), que tinha sido segundo na sessão de abertura.

Entre os candidatos ao título, a vantagem desta vez foi do japonês Ai Ogura (Honda), que foi quinto, enquanto o espanhol Albert Arenas (KTM) fechou o lote dos 10 mais rápidos.

MELHORES TEMPOS

MotoGP – Takaaki Nakagami (Honda), 1’47,782”; Maverick Viñales (Yamaha), 1’47,957”; Cal Crutchlow (Honda), 1’48,111”; Fabio Quartararo (Yamaha), 1’48,164”; Joan Mir (Suzuki), 1’48,182”; Alex Rins (Suzuki), 1’48,190”; Iker Lecuona (KTM), 1’48,360”; Aleix Espargaro (Aprilia), 1’48,426”; Pol Espargaro (KTM), 1’48,439”; Alex Marquez (Honda), 1’48,443”; …; Miguel Oliveira (KTM), 1’48,527”. Treinaram mais nove pilotos

Moto2 – Sam Lowes (Kalex), 1’51,920”; Jorge Navarro (Speed Up), 1’51,978”; Hector Garzo (Kalex), 1’52,180”; Fabio Di Giannantonio (Speed Up), 1’52,209”; Joe Roberts (Kalex), 1’52,210”; Jorge Martin (Kalex), 1’52,235”; Jake Dixon (Kalex), 1’52,339”; Remy Gardner (Kalex), 1’52,348”; Nicolò Bulega (Kalex), 1’52,501”; Edgar Pons (Kalex), 1’52,534”. Treinaram mais 20 pilotos

Moto3 – Jeremy Alcoba (Honda), 1’58,080”; Raul Fernandez (KTM); 1’58,220”; Gabriel Rodrigo (Honda), 1’58,268”; Darryn Binder (KTM), 1’58,273”; Ai Ogura (Honda), 1’58,332”; John McPhee (Honda), 1’58,626”; Dennis Foggia (Honda), 1’58,707”: Filip Salac (Honda), 1’58,746”; Tatsuki Suzuki (Honda), 1’58,770”; Albert Arenas (KTM), 1’58,771”. Treinaram mais 20 pilotos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: