Mundial de Ralicross em Montalegre adiado

Vila portuguesa pertencente ao distrito de Vila Real preparava-se para receber a etapa Mundial de Ralicross, após um ano de interregno, nos dias 2 e 3 de Maio.

(auto.look2010@gmail.com)

A segunda prova do Mundial de Ralicross de 2020, agendada para o início de Maio, em Montalegre, foi adiada «devido às preocupações globais com a saúde», face à pandemia da Covid-19, anunciou hoje a autarquia.

«Esta decisão foi tomada após cuidadosa consideração e consulta à Federação Internacional de Automobilismo (FIA), Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting (FPAK) e Município de Montalegre (organizador local do evento), tendo em conta que a saúde e a segurança de todos os envolvidos são uma prioridade», indica uma nota publicada no sítio oficial na Internet do município de Montalegre.

O Circuito Internacional de Montalegre, no distrito de Vila Real, preparava-se para voltar a receber a etapa Mundial de Ralicross, após um ano de interregno, nos dias 2 e 3 de Maio. A mesma nota acrescenta que está a ser «estudada uma data alternativa viável para a realização do evento», que «será difundida oportunamente».

Já em 13 de Março, o sítio oficial na Internet do Mundial de Ralicross tinha divulgado o adiamento da prova de abertura do campeonato, em Barcelona, que estava previsto para 18 e 19 de Abril. A primeira etapa do Mundial em 2020 deverá acontecer agora entre 16 e 17 de Maio, no circuito de Spa-Francorchamps, na Bélgica.

Em nota publicada no sítio oficial na Internet, na quinta-feira, a autarquia de Montalegre divulgou o cancelamento de outra prova internacional de Ralicross, a TitansRX, evento também da responsabilidade da FIA, que se estreou em 2019 e voltava a Trás-os-Montes este ano, em 27 e 28 de Junho.

«A razão desta tomada de posição surge na sequência das directrizes estabelecidas pela Direcção-Geral de Saúde no Plano Nacional de Contingência para o Coronavírus», destacava a nota.

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação