MotoGP no Qatar cancelado devido ao Covid-19

A prova de abertura do Mundial de MotoGP, prevista para o Qatar, foi cancelada devido à epidemia de Covid-19, anunciou hoje a organização do Campeonato do Mundo de motociclismo de velocidade, em que participa o português Miguel Oliveira.

(auto.look2010@gmail.com)

A decisão afecta apenas a categoria rainha no Grande Prémio do Qatar, explicou a Dorna, empresa promotora do campeonato, em comunicado, assinado também pela Federação Internacional de Motociclismo e pela associação de equipas.

As provas das categorias inferiores, de Moto2 e Moto3, deverão decorrer como previsto, pois as equipas já estavam naquele país do Médio Oriente, devido aos testes de pré-temporada que ali se realizaram durante o fim-de-semana.

O actual surto de coronavírus resultou na entrada em vigor de restrições de viagens no Qatar que afectam passageiros da Itália, entre outros países. A partir de hoje, todos os passageiros que chegarem a Doha em voos directos da Itália, ou que estiveram na Itália nas últimas duas semanas, serão levados para quarentena por um período mínimo de 14 dias.

A Itália desempenha claramente um papel vital no Campeonato e na classe de MotoGP – tanto em pista quanto fora dela – e, portanto, foi tomada a decisão de cancelar a competição da categoria rainha.

Segundo o comunicado da Dorna, «as corridas para as categorias de Moto2 e Moto3 serão possíveis avançar em pista», uma vez que «as equipas e pilotos de ambas as classes já estavam no Qatar para os três dias de testes oficiais no Circuito Internacional de Losail».

«Tanto a classe mais baixa como a intermediária vão competirão na abertura da temporada, a realizar de 6 a 8 de Março. O mesmo se aplica à Idemitsu Asia Talent Cup, que terá duas corridas durante o Grande Prémio do Qatar, conforme planeado originalmente», finaliza a Dorna no comunicado emitido ao final da tarde de hoje.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: