MotoGP chega a meio da temporada

O Campeonato do Mundo de MotoGP chega a meio da época no traçado alemão de Sachsenring com o francês Fabio Quartararo (MotoGP), o italiano Celestino Vietti (Moto2) e o espanhol Sergio Garcia (Moyo3) no comando das respectivas categorias e em condições de terminarem a primeira parte da época nessas posições.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

Vencedor na Catalunha, depois de ter triunfado em Portugal, Fabio Quartararo (Yamaha) chega ao circuito germânico com 22 pontos de avanço sobre o espanhol Aleix Espargaro (Aprilia), o único que o pode desalojar do comando do campeonato, uma vez que o italiano Enea Bastianini (Ducati) está já a 31 pontos, ou seja a mais de uma vitória.

De saída da KTM, por ter recusado a ida para a Tech3, onde esteve antes de integrar a equipa oficial da marca austríaca, o português Miguel Oliveira (KTM), que poderá estar a caminho da Ducati, hipótese que deverá ser confirmada, amanhã, na conferência de imprensa que antecede a corrida alemã, vai tentar voltar ao “top ten” do campeonato, do qual dista três pontos e desalojar o espanhol Marc Marquez (Honda), que vai estar ausente, depois de ter sido submetido a mais uma intervenção cirúrgica, do 10.º lugar.

Resta saber qual vai ser o compromisso da equipa com o piloto, agora que é assente a sua saída da KTM, para o resto da temporada, sendo de recordar que o português é um dos cinco pilotos que já venceu na temporada, naquela que é a única vitória da KTM, contra cinco da Ducati, duas da Yamaha, uma da Aprilia

Em Moto2, o italiano Celestino Vietti (Kalex) tem uma vantagem inferior à de Fabio Quartararo para os seus perseguidores, mas os 16 pontos de avanço sobre o japonês Ai Ogura (Kalex) e os 24 para o espanhol Aron Canet (Kalex) devem ser suficientes para manter o primeiro lugar, assente no facto de ter triunfado em três das nove corridas efectuadas, deixando um triunfo a cada um dos seus seis opositores que triunfaram nas restantes corridas.

É, também, de 16 pontos a vantagem sobre o seu compatriota, Izan Guevara (GasGas), que o espanhol Sergio Garcia (GasGas), comandante de Moto3, entra no traçado, depois de uma primeira parte da temporada dominada pelos pilotos da GasGas, que venceram cinco das nove corridas efectuadas e parecem lançados para discutir o título, uma vez que o terceiro, o também espanhol Jaume Masia (KTM), está já a 47 pontos de Sérgio Garcia.

CLASSIFICAÇÕES DOS CAMPEONATOS

PILOTOS

MOTOGP – 1.º, Fabio Quartararo, 147 pontos; 2,º, Aleix Espargaro, 125; 3.º, Enea Bastianini, 94; 4.º, Johann Zarco, 91; 5.º, Francesco Bagnaia, 81; 6.º, Brad Binder, 73; 7.º, Alex Rins, 69; 8.º, Joan Mir, 69; 9.º, Jack Miller, 65; 10.º, Marc Marquez, 60; 11.º, Miguel Oliveira, 57. Estão classificados mais 13 pilotos

MOTO2 – 1.º, Celestino Vietti, 133 pontos; 2.º, Ai Ogura, 117; 3.º, Aron Canet, 109; 4.º, Augusto Fernandez, 96; 5.º, Tony Arbolino, 89; 6.º, Joe Roberts, 86; 7.º, Marcel Schrotter, 75; 8.º, Somkiat Chantra, 65; 9.º, Jorge Navarro, 58; 10.º, Pedro Acosta, 55. Estão classificados mais 20 pilotos

MOTO3 – 1.º, Sergio Garcia, 150 pontos; 2.º, Izan Guevara, 134; 3.º, Jaume Masia, 103; 4.º, Dennis Foggia, 95; 5.º, Deniz Oncu, 82; 6.º, Ayumu Sasaki, 75; 7.º, Andrea Migno, 71; 8.º, Tatsuki Suzuki, 70; 9.º, Carlos Tatay, 62; 10.º, Riccardo Rossi, 47. Estão classificados mais 16 pilotos

CONSTRUTORES

MOTOGP – 1.º Ducati, 201 pontos; 2.º, Yamaha, 147; 3.º, Aprilia, 128; 4.º, KTM, 101; 4.º, Suzuki, 93; 6.º, Honda, 81

MOTO2 – 1.º, Kalex, 225 pontos; 2.º, Boscoscuro, 36; 3.º, MV Agusta, 5

MOTO3 – 1.º, GasGas, 190 pontos; 2.º KTM, 154; 3.º, Honda, 148; 4.º, Husqvarna, 95; 5.º, CFMoto, 81.

EQUIPAS

MOTOGP – 1.º, Aprilia Racing, 171 pontos; 2.º, Monster Energy Yamaha MotoGP, 169; 3.º, Ducati Lenovo Team, 146; 4.º, Pramac Racing, 142; 5.º, Team Suzuki Ecstar, 138; 6.º, Red Bull KTM Factory Racing, 130; 7.º, Gresini Racing MotoGP, 102; 8.º, Repsol Honda Team, 100; 9.º, Mooney VR46 Racing Team, 71; 10.º, LCR Honda, 64; 11.º, Withu Yamaha RNF MotoGP Team, 18; 12.º Tech3 KTM Factory Racing, 9

MOTO2 – 1.º, Idemitsu Honda Team Asia, 182 pontos; 2.º, Flexbox HP40, 167; 3.º, Red Bull KTM Ajo, 151; 4.º, Mooney VR46 Racing Team, 133; 5.º, ELF Marc VDS Racing Team, 124; 6.º, Liqui Moly Intact GP, 106; 7.º, Italtrans Racing Team, 96; 8.º, Inde GasGas Aspar Team, 90; 9.º, Pertamina Mandalika SAG Team, 50; 10.º, Lightech Speed Up, 44; 10.º, America Racing, 41; 12.º, Yamaha VR46 Master Camp Team, 41; 13.º, RW Racing GP, 15; 14.º, Gresini Racing Moto2, 14; 15.º, MV Agusta Forward Racing, 5

MOTO3 – 1.º, Valresa GasGas Aspar Team, 284 pontos; 2.º, Leopard Racing, 165; 3.º, Red Bull KTM Ajo, 131; 4.º CFMoto Racing PruestelGP, 105; 5.º, Red Bull KTM Tech3, 102; 6.º, Sterilgarda Husqvarna Max, 99; 7.º, MT Helmets – MSI, 77; 8.º, Rivacold Snipers Team, 71; 9.º, CIP Green Power, 60; 10.º, SIC58 Squadra Corse, 52; 11.º, QJMotor Avintia Racing Team, 34; 12.º, Angeluss MTA Team, 31; 13.º, Boe Motorsports, 25; 14.º, Visiontrack Racing Team, 16; 15.º, Honda Team Asia, 5.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.