Monteiro Racing Team com escudo de Ourique

A nova equipa de cariz familiar, liderada pelos irmãos João e Jacinto Monteiro está a postos para lutar com o escudo de Ourique, numa estratégia que passa pelo Campeonato Sul de Ralis e 24 Horas de Todo-o-Terreno, na vila de Fronteira.

CARLOS SOUSA (carlos.sousa@autolook.pt)

Logótipo Monteiro Racing Team

Concentrar os esforços em duas áreas distintas no desporto automóvel é o primeiro passo de um projecto familiar sedeado em Ourique e que tem por finalidade aumentar a dimensão de uma corrente de irmãos, estendendo-se a outros membros da mesma família. Trata-se da equipa Monteiro Racing Team, em que se move pelo Campeonato Sul de Ralis e 24 Horas TT de Fronteira, visando, de forma diferente, responder melhor às necessidades em duas disciplinas desiguais mas de propósitos comuns.

Nos ralis, a equipa ouriquense vai utilizar um Toyota Corolla 2.0 para esgrimir argumentos nos pisos de terra, e um Renault Clio 2.0 para os desafios previstos para o asfalto. Por seu turno, e no que se refere ao todo-o-terreno, a “arma” será um Nissan Terrano II 3.0 Diesel, viatura talhada para enfrentar as míticas 24 Horas de Todo-o-Terreno, m Fronteira.

Toyota Corolla 2.0

Com padrões de natureza estratégica e organizativa no que concerne aos índices de crescimento, Monteiro Racing Team entrega as provas pontuáveis para o Campeonato Sul de Ralis a João Monteiro, enquanto a maratona de todo-o-terreno promovido pelo Automóvel Club de Portugal (ACP) fica nas mãos de Jacinto Monteiro, dois irmãos que têm nos desportos motorizados o acelerador para desafios e emoções.

Ganhar projecção gradual através da fortaleza familiar, quer nos ralis, como no todo-o-terreno, Monteiro Racing Team reuniu um conjunto de instrumentos para abordar estas novas apostas, outorgando ao jovem Ricardo Martins, da RM Performance, de Garvão, no concelho de Ourique. O logótipo da equipa destaca o escudo do município do distrito de Beja, como forma de levar o território o mais longe possível, com a diferença do escudo apresentara a cor da equipa, laranja, em vez do vermelho, mas que tem exactamente a mesma finalidade.

Renault Clio 2.0

De acordo com João Monteiro, «este projecto pretende, acima de tudo, viabilizá-lo num desígnio familiar, envolvendo a satisfação colectiva, requisitos que, tradicionalmente, é vivida em harmonia e estreita união que se vive no seio de qualquer família e que se empolga de geração em geração».

No que diz respeito ao plano organizativo, João Monteiro sublinhou «a importância da formação da equipa, a configuração nosso logótipo com o escudo do município onde está sedeado o Monteiro Racing Team e a forma como agregámos as duas logísticas já existentes para enfrentar o Campeonato Sul de Ralis e as 24 Horas de Todo-o-Terreno, em Fronteira».

Nissan Terrano II 3.0 Diesel

«Esta conjugação de esforços teve, como principal propósito, de aproximar os nossos filhos e tê-los como fundamentais aliados nas provas em que vamos estar inseridos. Também não poderíamos desassociar quem esteve connosco anteriormente, pelo que é genuíno dirigir-lhes agradecimentos especiais e sentidos, desejando-lhes muita vitalidade e energias renovadas», acrescentou João Monteiro.

Por fim, o ouriquense, a residir há vários anos em Portimão, desejou «o restabelecimento rápido ao Gonçalo (Assunção), jovem que sofreu um grave acidente o ano passado e que se encontra a recuperar das lesões». «Monteiro Racing Team deseja que o Gonçalo recupere depressa», acrescentou. Recorde-se que Gonçalo Assunção navegou João Monteiro para as inúmeras vitórias nas Duas Rodas Motrizes, coadjuvando no triunfo da Classe X2 e um promissor navegador no panorama nacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *