Montalegre: um destino para grandes emoções

Segunda ronda do RX Portugal by Diatosta leva pilotos e máquinas a Montalegre para um embate onde os campeões vão tentar refazer a mão, para uma desforra emotiva.

(auto.look2010@gmail.com) – Fotos: JOÃO DA FRANCA

Três semanas após o que foi um muito disputado e emocionante arranque de época do Campeonato de Portugal by Diatosta no Circuito de Lousada, o pelotão do RX prepara-se para voltar à acção desta sexta-feira a domino na pista de Montalegre.

No primeiro embate, os campeões não tiveram vida fácil, mas depois de um total de três dias de testes, a 2, 8 e 9 de Maio, precisamente no traçado transmontano, todos eles esperam dar o tão desejado pontapé de saída na defesa dos respectivos títulos.

Na categoria rainha da modalidade, os Supercars, José Lameiro, apesar dos vários contratempos nas corridas de qualificação, até acabou por lograr o segundo lugar atrás do italo-sueco Oscar Ortfeld.

Enquanto isso, Andreia Sousa, nas 2 Rodas Motrizes, e Rogério Sousa, nos Super 1.600, têm tarefa mais exigente pela frente. Depois de terem deixado Lousada com um nono e um 14.º lugares, respectivamente, os dois pilotos não se podem dar ao luxo de voltar a perder terreno e vão ter de dar o melhor para se aproximarem, ou até mesmo superarem, Celmo Guicho e João Ribeiro, os líderes de cada da 2RM e dos S1600.

Uma realidade que se aplica também a Jorge Gonzaga no Kartcross. O campeão em título não começou o ano de feição e ficou-se pelo 11.º lugar, deixando a liderança da competição neste início de época a cargo de Alexandre Borges, piloto de Nelas. O conimbricense Pedro Rosário, oito vezes campeão nacional da especialidade, terá também uma palavra a dizer neste confronto de titãs.

Agora resta esperar para ver até que ponto os comandantes de cada uma das categorias vão defender as suas posições e quão difícil vão vender a liderança aos demais rivais nos pelotões.

Excepções nestas corridas atrás dos prejuízos apenas nos Iniciados e na Nacional 1.6. Rafael Rego começou a defesa da coroa ao ataque e lidera a tabela dos mais jovens do Ralicross, enquanto Pedro Tiago comanda a Nacional 1.6, categoria que não contou com a presença do campeão na ronda de abertura.

Tal como em Lousada, primeira prova do RX Portugal sob a direcção do novo promotor GO.NOW Motorsport, as verificações técnicas e administrativas têm lugar ao longo do dia de sexta-feira, com o sábado e domingo totalmente reservados à competição. Assim, o programa desportivo tem início pelas 14h00 de sábado com os treinos livres, seguindo-se os cronometrados uma hora depois.

As corridas de Qualificação têm lugar a partir das 16h15 e das 17h15. No domingo a acção arranca pelas 9h00 com o Warm Up, seguindo-se as duas últimas qualificações, às 10h15 e 11h45. As meias-finais estão marcadas para as 13h30, com as decisivas finais a partir das 15h45.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *