Montalegre abrasou de emoção e sedução

Na prova organizada pelo Clube Automóvel de Vila Real já se começou a desenhar o desfecho da temporada 2019. Nomeadamente, no Kartcross, onde o título de 2019 já ficou virtualmente entregue a Jorge Gonzaga.

(auto.look2010@gmail.com)

O Circuito Internacional de Montalegre recebeu, este fim-de-semana, a sexta jornada do PTRX, Campeonato de Portugal de Ralicross, Kartcross e Super Buggy, numa organização do Clube Automóvel de Vila Real.

Na prova destinada à Iniciação, Gonçalo Novo (Toyota Starlet) venceu a derradeira prova, numa corrida que ficou desenhada nas primeiras voltas, fruto do toque entre o Peugeot 205 de Rodrigo Correia, que abandonou logo na primeira curva e o Toyota Corolla de André Monteiro.

Este último ainda rodou na frente, mas nas “visitas” obrigatórias à Joker Lap, Gonçalo Novo, que já vinha a exercer forte pressão, acabou por assumir o comando. Gonçalo Macedo que durante todo o fim-de-semana teve que lidar com problemas de transmissão do VW Polo fechou o pódio desta jornada transmontana.

No final da corrida e após análise do Colégio de Comissários Desportivos, André Monteiro foi desqualificado. Gonçalo Macedo sobe ao segundo posto e Rodrigo Correia ainda assegurou o terceiro lugar.

Na prova destinada ao Nacional 2 RM, Paulo Sousa em BMW E30 venceu uma final “acesa”. João Novo (Peugeot 106) foi segundo, mas mostrou desde a primeira hora que não ia baixar os braços. Porém, quando saiu da Joker Lap envolveu-se num ligeiro toque com Adão Pinto (Opel Astra), perdeu a posição, mas recuperou-a na volta seguinte, quando o Astra cumpre também a sua passagem pela “Joker”. Adão fechou o pódio, enquanto Arturo Cota (Seat Leon) foi quarto. Andreia Sousa aos comandos do Peugeot 306, quinta classificada e melhor entre as Senhoras.

Na Super Nacional A 1.6, Pedro Tiago soma e segue. Venceu mais uma jornada e consolidou, ainda mais, a liderança do campeonato. Arrancou melhor e volta após volta conquistou uma distância confortável para a dupla Américo Sousa e Leonel Sampaio, completaram, por esta ordem, o pódio de Montalegre, numa jornada inteiramente a cargo da marca do “double chevron”.

Já na prova de Super 1600, Mário Teixeira (Ford Fiesta) levou a melhor numa corrida intensa e discutida até ao último metro de asfalto, com João Ribeiro (Citroën Saxo), que apesar do segundo posto, termina a jornada transmontana na liderança do campeonato. José Queirós aos comandos de um Peugeot 206, no início ainda assistiu de muito perto à luta na frente, mas acabou por reservar o último lugar do pódio. André Sousa (Peugeot 207) foi quarto e António Sousa (Peugeot 208) fechou o “top five”.

No Kartcross, Jorge Gonzaga (ASK EVO18) levou a melhor no traçado de Montalegre, garantindo, a duas provas do termo do campeonato, a conquista do ceptro. Jorge Gonzaga arrancou melhor e saiu ileso da confusão gerada na primeira curva, que acabou por “deitar por terra” as aspirações do espanhol Mikel Vila (La Base RX019) e do Semog Bravo de Alexandre Borges.

Sérgio Castro (ASK EVO16) levou a melhor, na discussão pelo segundo lugar do pódio, sobre Rui Nunes (Semog Bravo), que fechou a jornada no terceiro posto. Pedro Marques (ASK EVO14) reservou a melhor prestação entre os Rookies.

Em Super Buggy, Mauro Reis (HSport TT) levou a melhor e termina a prova transmontana no primeiro lugar e alarga um pouco mais a distância no campeonato face à concorrência. Arménio Rodrigues (GRT MXG) conquistou o segundo lugar e Nélson Barata (Toniauto PowerUB), acabou no terceiro posto, isto depois de uma ligeira “atravessadela” seguido de um embate com o buggy Ricardo Faria. Este último acabou mesmo por protagonizar um aparatoso capotanço, mas sem qualquer consequência física para o piloto.

A próxima e penúltima ronda do PTRX Campeonato de Portugal de Ralicross, Kartcross e Super Buggy vai decorrer, ainda este mês, no fim-de-semana de 22 e 23, no Eurocircuito de Lousada.

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação