Mikko Hirvonen deu espectáculo em Sintra

O Rally de Portugal Histórico terminou em festa para gáudio de milhares de pessoas que emolduraram as míticas especiais de Lagoa Azul e Sintra. O Ford Focus WRC conduzido por Miko Hirvonen fez furos no cruzamento da Malveira da Serra do troço da Lagoa Azul.

(auto.look2010@gmail.com) – Fotos: PAULO MARIA

Como não podia deixar de ser, o momento alto do Rally de Portugal Histórico foi a dupla passagem pelos troços nocturnos da Lagoa Azul e Sintra que, para surpresa de todos, brindou a prova do Automóvel Club de Portugal (ACP) com uma noite de Verão, sem humidade e temperaturas muito agradáveis.

Tal como no ano passado, o muito público presente ao longo dos dois troços teve ainda a oportunidade de ver rodar pilotos de renome, desta feita Ari Vatanen, com um Opel Manta 400, e Mikko Hirvonen, ao volante de um mais recente Ford Focus WRC.

A abrirem o pelotão da prova, os finlandeses levaram o público ao rubro, principalmente Hirvonen que, das duas vezes que passou pelo cruzamento que leva ao Convento dos Capuchos, fez um pião perfeito para gáudio dos fãs.

Já com a competição terminada, o pelotão de oito dezenas de carros rumou depois ao Circuito Estoril para se juntar a todos os participantes do Estoril Classics, com o “top 10” do Rally de Portugal Histórico a juntar-se a Vatanen, Hirvonen e Pedro Mendes Alves (Alpine A110) para o Slalom de demonstração na reta da meta do Autódromo. Um momento repleto de espectáculo e onde Mikko Hirvonen voltou a encantar.

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação