Miguel Oliveira volta a pontuar no MotoGP

O piloto português da KTM terminou hoje na 13.ª posição o Grande Prémio de Aragão de MotoGP, 14.ª prova da temporada, conquistada pelo espanhol Marc Márquez (Honda).

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

Após duas quedas, que o impediram de marcar pontos, o português Miguel Oliveira (KTM) voltou a pontuar ao terminar em 13.º, depois de ter partido de 16.º, numa corrida ganha pelo espanhol Marc Marquez (Honda) que averbou a oitava vitória do ano, em 13 corridas.

Tal como sucedeu na qualificação, Miguel Oliveira foi o mais rápido da KTM ao bater o finlandês Mika Kallio (KTM) por mais de nove segundos, ficando por saber se o espanhol Pol Espargaro, afastado da corrida por ter partido o pulso esquerdo, recupera nos próximos 15 dias para poder correr na Tailândia ou se a marca austríaca vai ter de encontrar um piloto para o substituir na próxima corrida.

Ao contrário do que teve de fazer para triunfar em Misano, em que só na derradeira volta conseguiu levar a melhor sobre o francês Fabio Quartararo (Yamaha), desta feita, Marc Marquez teve um corrida tranquila e venceu sem grande oposição, já que “fugiu” da concorrência desde que a luz verde acendeu.

Atrás a luta foi interessante com o italiano Andrea Dovizioso (Ducati), que saiu de sétimo, e o australiano Jack Miller (Ducati) a assegurarem os lugares do pódio, depois de levarem a melhor sobre o espanhol Maverick Viñales (Yamaha).

O sul-africano Brad Binder (KTM) impediu que três pilotos espanhóis de monopolizassem o lugar mais alto do pódio, ao impor-se ao espanhol Jorge Navarro (Speed Up), que discutiu a vitória até ao fim, com os dois a impedirem a mais uma vitória da Kalex, que teve no espanhol Alex Marquez (Kalex), em terceiro, que cimentou a posição de comandante do campeonato, o seu melhor piloto.

Contra o que é habitual, a corrida de Moto3 foi dominada pelo espanhol Aron Canet (KTM), que tirou partido da luta travada atrás de si para ir ganhando a avanço averbar a terceira vitória do ano e reduzir para dois pontos a desvantagem pontual para o italiano Lorenzo Dalla Porta (Honda), que foi 11.º, que comanda o campeonato.

Mas se a vitória do espanhol não teve história, houve luta intensa pelos restantes lugares do pódio, com oito pilotos a estarem envolvidos nesse duelo, decidido nos derradeiros metros, com o japonês Ai Ogura (Honda) e o italiano Dennis Foggia (KTM) a acabarem por garantir a segunda e a terceira posições, após constantes mudanças de posição.

CLASSIFICAÇÕES

CORRIDAS

MOTOGP – 1.º, Marc Marquez (Honda), 23 voltas (116,771 km), em 41’57,221” (166,9 km/h); 2.º, Andrea Dovizioso (Ducati), a 4,836”; 3.º, Jack Miller (Ducati), a 5,430”; 4.º, Maverick Viñales (Yamaha), a 5,811”; 5.º, Fabio Quartararo (Yamaha), a 8,924”; 6.º, Cal Crutchlow (Honda), a 10,390”; 7.º, Aleix Espargaro (Aprilia), a 10,441”; 8.º, Valentino Rossi (Yamaha), a 23,623”; 9.º, Alex Rins (Suzuki), a 27,998”; 10.º, Takkaki Nakagami (Honda), a 31,242; …; 13.º, Miguel Oliveira (KTM), a 33,063”. Classificaram-se mais oito pilotos

MOTO2 – 1.º, Brad Binder (KTM), 21 voltas (106,617 km), em 39’45,177” (160,9 km/h); 2.º, Jorge Navarro (Speed Up), a 0,787”; 3.º, Alex Marquez (Kalex), a 2,876”; 4.º, Luca Marini (Kalex), a 5,387”; 5.º, Sam Lowes (Kalex), a 5,601”; 6.º, Thomas Luthi (Kalex), a 9,695”; 7.º, Iker Lecuona (KTM), a 11,650”; 8.º, Lorenzo Baldassarri (Kalex), a 12,546”; 9.º, Jorge Martin (KTM), a 14,775”; 10.º, Xavi Vierge (Kalex), a 15,393”. Classificaram-se mais 20 pilotos.

MOTO3 – 1.º, Aron Canet (KTM), 19 voltas (96,463 km), em 38’01,916” (152,1 km/h); 2.º, Ai Ogura (Honda), a 4,581”; 3.º, Dennis Foggia (KTM), a 4,663”; 4.º, John McPhee (Honda), a 4,729”; 5.º, Alonso Lopez (Honda), a 4,842”; 6.º, Tatsuki Suzuki (Honda), a 4,947”; 7.º, Sergio Garcia (Honda), a 5,085”; 8.º, Albert Arenas (KTM), a 5,483”; 9.º, Gabriel Rodrigo (Honda), a 5,773”; 10.º, Tony Arbolino (Honda), a 8,812”. Classificaram-se mais 17 pilotos

CAMPEONATOS

PILOTOS

MOTOGP – 1.º, Marc Marquez, 300 pontos; 2.º, Andrea Dovizioso, 202; 3.º, Alex Rins, 156; 4.º, Danilo Petrucci, 155; 5.º, Maverick Viñales, 147; 6.º, Valentino Rossi, 137; 7.º, Fábio Quartararo, 123; 8.º, Jack Miller, 117; 9.º, Cal Crutchlow, 98; 10.º, Franco Morbidelli, 80; …; 17.º, Miguel Oliveira, 29. Estão classificados mais oito pilotos

MOTO2 – 1.º, Alex Marquez, 213 pontos; 2.º, Jorge Navarro, 175; 3.º, Augusto Fernandez, 171; 4.º, Thomas Luthi, 169; 5.º, Brad Binder, 160; 6.º, Lorenzo Baldassarri, 138; 7.º, Luca Marini, 126; 8.º, Marcel Schrotter, 116; 9.º, Fabio Di Giannantonio, 94; 10.º, Enea Bastianini, 81. Estão classificados mais 20 pilotos.

MOTO3 – 1.º, Lorenzo Dalla Porta, 184 pontos; 2.º Aron Canet, 182; 3.º, Toby Arbolino, 155; 4.º, John McPhee, 126; 5.º, Marcos Ramirez, 123; 6.º, Niccolò Antonelli, 118; 7.º, Jaume Masia, 96; 8.º, Celestino Vietti, 90; 9.º, Ai Ogura, 86; 10.º, Tatsuki Suzuki, 75; Estão classificados mais 23 pilotos.

CONSTRUTORES

MOTOGP – 1.º, Honda, 306 pontos; 2.º, Ducati, 241; 3.º, Yamaha, 228; 4.º, Suzuki, 181; 5.º, KTM, 88; 6.º, Aprilia, 66

MOTO2 – 1.º, Kalex, 336 pontos; 2.º, Speed Up, 208; 3.º, KTM, 170;

4.º, MV Augusta, 18; 5.º, NTS, 8

MOTO3 – 1.º, Honda, 319 pontos; 2.º, KTM, 250

EQUIPAS

MOTOGP – 1.º, Ducati Team, 357 pontos; 2.º, Repsol Honda Team, 33; 3.º, Monster Energy Yamaha, 284; 4.º, Team Suzuki Ecstar, 209;

5.º, Petronas Yamaha SRT, 203; 6.º, LCR Honda, 166; 7.º, Pramac Racing, 146; 8.º, Red Bull KTM Factory Racing, 104; 9.º, Aprilia Racing Team Gresini, 78; 10.º, Red Bull KTM Tech3, 36; 11.º, Real Avintia Racing, 23

MOTO2 – 1.º, Flexbox HP40, 322 pontos; 2.º, Dynavolt Intact GP, 285;

3.º, EG 0,0 Marc VDS, 272; 4.º, HDR Heidrun Speed Up, 269; 5.º, Red Bull KTM Ajo, 197; 6.º, SKY Racing Team VR46, 158; 7.º, ONEVOX TKKR SAG Team, 123; 8.º, Italtrans Racing Team, 123; 9.º, Federal Oil Gresini Moto2, 60; 10.º, American Racing KTM, 59; 11.º, MV Augusta Temporary Forward, 25; 12.º, Tasca Racing Scuderia, 19; 13.º, Idemitsu Honda Team Asia, 13; 14.º, Red Bull KTM Tech3, 11; 15.º, NTS RW Racing GP, 9; 16.º, Petronas Sprinta Racing, 8; 17.º, Sama Qatar Angel Nieto Team, 4; 18.º, Kiefer Racing, 3

MOTO3 – 1.º, Leopard Racing, 307 pontos; 2.º, VNE Snipers, 222; 3.º, SIC58 Squadra Corse, 203; 4.º, Sterilgarda Max Racing Team, 182; 5.º, Petronas Sprinta Racing, 176; 6.º, Sky Racing Team VR46, 171;

7.º, WWR, 148; 8.º, Honda Team Asia, 137; 9.º, Gaviota Angel Nieto Team, 94; 10.º, Redox PruestelGP, 85; 11.º, Kommerling Gresini Moto3, 71; 12.º, Estrela Galicia 0.0, 63; 13.º, CIP Green Power, 46;

14.º, Boe Skull Rider Mugen, 30; 15.º, Reale Avintia Arizona 77, 5;

16.º, Red Bull KTM Ajo, 4

PRÓXIMA PROVA – PTT Thailand Grand Prix, dia 6 de Outubro, no Chang International Circuit

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação