Miguel Oliveira: primeira “pole” em MotoGP

Piloto natural de Almada parte este domingo da primeira posição para o Grande Prémio MEO de Portugal, ao efectuou o tempo de 1m38,892s na qualificação e um novo recorde do Autódromo Internacional do Algarve.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

Com uma derradeira volta no limite, o português Miguel Oliveira (KTM) conseguiu, em casa, só faltando o público para explodir de entusiasmo, alcançar a primeira “pole position” em MotoGP, quinta da carreira, ao bater o italiano Franco Morbidelli (Yamaha), que momentos antes tinha feito o melhor tempo, por 0,044”, com os dois a serem os únicos a atingir o segundo “38”.

Para Miguel Oliveira, «foi uma volta muito boa e sabíamos que podíamos fazer melhor do que tínhamos feito de manhã e foi isso que sucedeu, mas o trabalho só termina amanhã, com a corrida».

A superioridade das KTM já tinha ficado patente, na quarta sessão de treinos livres, quando o espanhol Pol Espargaro (KTM) e Miguel Oliveira fizeram os dois melhores tempos, com o espanhol a ser 0,034” mais rápido que o português.

Na qualificação, Franco Morbidelli esteve a maior parte da sessão no topo da tabela de tempos, melhorando o tempo a cada passagem pela meta, mas a última volta de Miguel Oliveira permitiu-lhe ser o sétimo piloto a sair da “pole” esta temporada.

O australiano Jack Miller (Ducati) completa a primeira linha da grelha, depois de uma Q2, em que os 12 pilotos presentes couberam em pouco mais de meio segundo.

O australiano Remy Gardner (Kalex), que já tinha sido o mais rápido na sessão matinal de treinos livres de Moto2, repetiu o feito na qualificação, à frente dos italianos Luca Marini (Kalex) e fábio Di Giannantonio (Kalex), enquanto na luta pelo título, o italiano Enea Bastianini (Kalex) ficou um lugar à frente do inglês Sam Lowes (Kalex) e, tal como sucede em Moto3, ambos partem da segunda linha.

O espanhol Raul Fernandez (KTM), que dominou a qualificação garantiu a “pole position” para a sua derradeira corrida de Moto3, uma vez que para o ano será promovido à categoria superior Moto2, depois de, a meio da sessão, ter feito o melhor tempo, facto que sucede pela sexta vez esta temporada.

O seu compatriota Jeremy Alcoba (Honda) e o japonês Ayumu Sasaki (KTM) completam a primeira linha da grelha, enquanto, na luta pelo título, o japonês Ai Oguro (Honda), que teve de participa na Q1, parte um lugar à frente do espanhol Albert Arenas (KTM), ambos na segunda linha, com o duelo hispano-japonês a prometer ser emocionante.

GRELHAS DE PARTIDA

MotoGP1.ª linha: Miguel Oliveira (KTM), 1’38,892”; Franco Morbidelli (Yamaha), 1’38,936”; Jack Miller (Ducati), 1’39,038; 2.ª linha: Cal Crutchlow (Honda), 1’39,156”; Fabio Quartararo (Yamaha), 1’39,199; Stefan Bradl (Honda), 1’39,204”; 3.ª linha: Johann Zarco (Ducati), 1’39,238; Maverick Viñales (Yamaha), 1’39,260”; Pol Espargaro (KTM), 1’39,284”. Alinham mais 13 pilotos.

Moto21.ª linha: Remy Gardner (Kalex), 1’42,592”; Luca Marini (Kalex), 1’42,710”; Fabio Di Giannantonio (Speed Up), 1’42,721”; 2.ª linha: Enea Bastianini (Kalex), 1’42,722”; Sam Lowes (Kalex), 1’42,759”; Jorge Martin (Kalex), 1’42,798; 3.ª linha: Nicolò Bulega (Kalex), 1’42,845; Augusto Fernandez (Kalex), 1’42,871; Marcos Ramirez (Kalex), 1’42,905. Alinham mais 20 pilotos.

Moto31.ª linha: Raul Fernandez (KTM), 1’48,051”; Jeremy Alcoba (Honda), 1’48,236”; Ayumu Sasaki (KTM); 1’48,291”; 2.ª linha: Tatsuki Suzuki (Honda), 1’48,342”; Ai Ogura (Honda), 1’48,366”; Albert Arenas (KTM), 1’48,478”; 3.ª linha: Niccolò Antonelli (Honda), 1’48,529”; Dennis Foggia (Honda), 1’48,893; Jaume Masia (Honda), 1’48, 910”. Alinham mais 22 pilotos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: