Miguel Oliveira motivado para o Red Bull Ring

Uma semana depois do espanhol Jorge Martin (Ducati) ter ganho, pela primeira vez, uma corrida de MotoGP, o Campeonato do Mundo de Motociclismo está de regresso ao Red Bull Ring, com o almadense de olhos num bom resultado.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

O português Miguel Oliveira (KTM) espera poder regressar às primeiras posições, depois da queda no primeiro treino livre, da passada semana, que condicionou o seu desempenho, e do problema com o pneu que o obrigou a abandonar, quando fechava o lote dos 10 primeiros, apesar da fissura do Rádio.

Curiosidade ao redor daquilo que poderá acontecer na corrida, depois de no passado domingo, cinco marcas terem ocupado as cinco primeiras posições: Ducati (Jorge Martin), Suzuki (Joan Mir), Yamaha (Fabio Quartararo), KTM (Brad Binder) e Honda (Takaaki Nakagami).

Em termos de campeonato, o francês Fabio Quartararo entra com 40 pontos de avanço sobre o seu compatriota Johann Zarco (Ducati) o que lhe dá algum conforto, com o espanhol Joan Mir (Suzuki), detentor do título, que ocupa o derradeiro lugar do pódio da ter de defender-se dos ataques do italiano Francesco Bagnaia (Ducati), que está a escassos sete pontos do espanhol.

A oito provas do final da temporada, no que diz respeito à Moto 2, tudo aponta para que o título seja discutido entre o australiano Remy Gardner (Kalex), o espanhol Raul Fernandez (Kalex) e o italiano Marco Bezzecchi (Kalex), vencedor da corrida de domingo passado. Os pilotos estão separados por 44 pontos, com o quarto, o inglês Sam Lowes (Kalex) a estar já a 52 pontos do italiano, o que torna muito improvável a sua reentrada na corrida pelo ceptro.

Vencedor da corrida de domingo, naquela que foi a sua quinta vitória em 10 corridas, o espanhol Pedro Acosta (KTM) já tem 53 pontos de avanço sobre o seu compatriota Sergio Garcia (Gas Gas) na Moto3 e a 87 está o italiano Romano Fenati (Husqvarna).

Pedro Acosta está cada vez mais perto de assegurar a conquista do título, no ano de estreia em Moto3, o que, a manter-se a actual situação, poderá suceder, ainda antes do final do campeonato.

O Campeonato de MotoE, reservado às motos eléctricas e no qual está envolvido o português André Pires, tem no Red Bull Ring, a quinta das sete corridas que compõem o calendário.

O italiano Alessandro Zaccone, vencedor da corrida inaugural e comandante do campeonato desde o seu início, entra no traçado austríaco com sete pontos de vantagem sobre o espanhol Jordi Torres e 17 sobre o duo formado pelo brasileiro Eric Granado, único com duas vitórias, e o suíço Dominique Aegerter.

O português André Pires terminou nos pontos nas três primeiras provas, o que não sucedeu na quarta, num ano de aprendizagem de uma nova realidade, bem mais competitiva do que aquela que tinha.

CLASSIFICAÇÕES

CAMPEONATOS

PILOTOS

MotoGP – 1.º, Fábio Quartararo, 172 pontos; 2.º, Johann Zarco, 132; 3.º, Joan Mir, 121; 4.º, Francesco Bagnaia, 114; 5.º, Jack Miller, 100; 6.º, Maverick Viñales, 95; 7.º, Miguel Oliveira, 85; 8.º, Brad Binder, 73; 9.º, Aleix Espargaro, 61; 10.º, Marc Marquez, 58. Estão classificados mais 16 pilotos

Moto2 – 1.º, Remy Gardner, 197 pontos; 2.º, Raul Fernandez, 162; 3.º, Marco Bezzecchi, 153; 4.º, Sam Lowes, 101; 5.º, Fabio Di Giabnantonio, 76; 6.º, Aron Canet, 75; 7.º, Marcel Schortter, 72; 8.º, Augusto Fernandez, 66; 9.º, Ai Ogura, 60;10.º, Xavi Vierge, 57. Estão classificados mais 21 pilotos

Moto3 – 1.º, Pedro Acosta, 183 pontos; 2.º, Sérgio Garcia, 130; 3.º, Romano Fenati, 96; 3.º, Dennis Foggia, 86; 5.º, Jaume Masia, 85; 6.º, Darryn Binder, 79; 7.º, Ayumu Sasaki, 68; 8.º, Niccolò Antonelli, 67; 9.º, Gabriel Rodrigo, 59; 10.º, Jaremy Alcoba, 58; Estão classificados mais 19 pilotos.

MotoE – 1.º, Alessandro Zaccone, 70 pontos; 2.º, Jordi Torres, 63; 3.º, Eric Granado, 53; 4.º, Dominique Aegerter, 53; 5.º, Mattia Casadei, 43; …; 16.º, André Pires, 11. Estão classificados mais dois pilotos

CONSTRUTORES

MotoGP – 1.º, Yamaha, 200 pontos; 2.º, Ducati, 192; 3.º, KTM, 127; 4.º, Suzuki, 125; 5.º, Honda, 97; 6.º, Aprilia, 62

Moto2 – 1.º, Kalex, 250 pontos; 2.º, Boscoscuro, 101; 3.º, MV Agusta, 10; 4.º, NTS; 10

Moto3 – 1.º KTM, 215 pontos; 2.º, Honda, 188; 3.º, Gasgas, 142; 4.º, Husqvarna,100

EQUIPAS

MotoGP – 1.º, Monster Energy Yamaha MotoGP, 267 pontos; 2.º, Ducati Lenovo Team, 214; 3.º, Pramac Racing, 184; 4.º, Team Suzuki Ecstar, 163; 5.º, Red Bull KTM Factory Racing, 158; 6.º, Repsol Honda Team, 106; 7.º, LCR Honda, 86; 8.º, Aprilia Racing Team Gresini, 65; 9.º, Petronas Yamaha SRT, 60; 10.º, Esponsorama Racing, 47; 11.º, Tech3 KTM Factory Racing, 40

Moto2 – 1.º, Red Bull KTM Ajo, 359 pontos; 2.º, Sky Racing Team VR46, 185; 3.º, ELF Marc VDS Racing Team, 167; 4.º, Liqui Moly Intact GP, 102; 5.º, Aspar Team Moto2, 98; 6.º, Federal Oil Gresini Moto2, 86; 7.º, Idemitsu Honda Team Asia, 84; 8.º, Petronas Sprinta Racing, 73; 9.º, Italtrans Racing Team, 60; 10.º, Lightech Speed Up, 46; 11.º, Pertamina Mandalika SAG Team, 43; 12.º, American Racing, 42; 13.º, Flexbox HR40, 35; 14.º, MV Agusta Forward Racing, 10; 15.º, NTS RW Racing GP, 10

Moto3 – 1.º, Red Bull KTM Ajo, 268 pontos; 2.º, Santander Consumer Gasgas, 168; 3.º Petronas Sprinta Racing, 119; 4.º, Indonesian Racing Gresini Moto3, 117; 5.º, Leopard Racing, 116; 6.º, Sterilgarda Garda Max Racing Team, 112; 7.º, Red Bull KTM Tech3, 93; 8.º, Rivacold Snipers Team, 93; 9.º, Avintia Esponsorama Moto3, 88; 10.º, Carexpert Pruestel GP, 69; 11.º, CIP Green Power, 67; 12.º, SIC58 Squadra Corse, 38; 13.º, Boe Owlride, 35; 14.º, Honda Team Ásia, 17.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *