Miguel Oliveira melhor KTM no 2.º treino livre

Piloto de Almada está apostado em voltar a destacar-se no Grande Prémio da Grã-Bretanha de MotoGP. No conjunto dos dois treinos livres realizados hoje em Silverstone, o jovem português registou o oitavo melhor tempo e conseguiu mesmo ser o melhor KTM, na frente das duas motos de fábrica de Pol Espargaró e Johann Zarco.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

Excelente segundo treino livre de MotoGP para o português Miguel Oliveira (KTM) que alcançou o oitavo tempo da sessão (a mesma posição no conjunto das duas sessões) e foi o melhor dos pilotos da marca austríaca, depois de ter tirado mais de 1,5” à marca efectuada de manhã. Como consequência deste resultado o “motard” português está, provisoriamente, apurado para a Q2.

Tal como de manhã, o francês Fabio Quartararo (Yamaha) voltou a ser o mais rápido, depois de ter vista considerada aquela que seria a sua melhor volta, que começou por ser eliminada, por alegadamente ter excedido os limites, com os espanhóis Marc Marquez (Honda) e Maverick Viñales (Yamaha) e o italiano Valentino Rossi (Yamaha) a juntarem-se ao francês no lote dos que rodaram em menos de dois minutos, com o italiano, tal como o francês, a ver ser reconhecido o tempo efectuado, depois de ter sido considerado que os dois tinham excedido os limites da pista na mesma curva (15).

Em Moto2, o espanhol Jorge Navarro (Speed Up), que tinha segundo na sessão da manhã, atrás do italiano Fábio Di Giannantonio (Spped Up) manteve a superioridade da marca e foi o único a rodar no segundo “4”, com o australiano Remy Gardner (Kalex) e o seu compatriota Augusto Fernandez (Kalex) a ocuparem os lugares seguintes.

Em Moto3, coube ao espanhol Alberto Arenas (KTM) registar a melhor marca na segunda sessão de treinos livres, à frente do italiano Lorenzo Dalla Porta (Honda), que viu o seu mais directo adversário na corrida ao título, o espanhol Aron Canet (KTM), ficar com o sexto tempo, com o australiano Darryn Binder (KTM) a completar o lote dos três mais rápidos, com as posições a serem definidas na derradeira volta, com a passagem pela meta a ser pela ordem inversa da classificação.

MELHORES TEMPOS DOS TREINOS LIVRES

MOTOGP – Fabio Quartararo (Yamaha), 1’59,225”; Marc Marquez (Honda), 1’59,476”; Maverick Viñales (Yamaha), 1’59,765”; Valentino Rossi (Yamaha), 1’59,937”; Cal Crutchlow (Honda), 1’59,993”; Andrea Dovizioso (Ducati), 2’00,110”; Franco Morbidelli (Yamaha), 2’00,183”; Miguel Oliveira (KTM), 2’00,360”; Jack Miller (Ducati), 2’00,392”; Danilo Petrucci (Ducati), 2’00,428”. Treinaram mais 12 pilotos.

MOTO2 – Jorge Navarro (Speed Up), 2’04,993”; Remy Gardner (Kalex), 2’05,122”; Augusto Fernandez (Kalex), 2’05,282”; Lorenzo Baldassarri (Kalex), 2’05,307”; Sam Lowes (Kalex), 2’05,321”; Alex Marquez (Kalex), 2’05,418”; Tetsuta Nagashima (Kalex), 2’05,510”; Thomas Luthi (Kalex), 2’05,588”; Brad Binder (KTM), 2’05,658”; Mattia Pasini (Kalex), 2’05,696”. Treinaram mais 22 pilotos

MOTO3 – Alberto Arenas (KTM), 2’12,224”; Lorenzo Dalla Porta (Honda), 2’12,252”; Darryn Binder (KTM), 2’12,287”; Tony Arbolino (Honda), 2’12,320”; Tatsuki Suzuki (Honda), 2’12,415”; Aron Canet (KTM); 2’12,652”; Romano Fenati (Honda), 2’12,689”; Jeremy Alcoba (Honda), 2’12,703”; Stefano Nepa (KTM), 2’12,740”; Niccolò Antonelli (Honda), 2’12,754”. Treinaram mais 21 pilotos

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação