Miguel Oliveira mais lento no 2.º treino livre

O português Miguel Oliveira (KTM) terminou hoje no 19.º lugar o primeiro dia de treinos livres do Grande Prémio do Algarve de MotoGP, dominado pelo francês Fabio Quartararo (Yamaha), que já assegurou o título mundial.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

Mais rápidos da sessão de abertura, o francês Fabio Quartararo (Yamaha), o italiano Francesco Bagnaia (Ducati) e o australiano Jack Miller (Ducati) repetiram as posições e mostraram estar à vontade no traçado algarvio assumindo-se como candidatos a conquista do triunfo na corrida de domingo.

O português Miguel Oliveira (KTM) desceu de 18.º para 19.º, continua a ser o mais lento dos pilotos da marca austríaca e parece longe de poder repetir a boa exibição de Misano, estragada por uma queda, na fase final, quando estava no derradeiro lugar do pódio, e muito menos repetir o sucesso do ano passado, quando garantiu a “pole position”, fez a volta mais rápida e venceu.

Foi por escassos 0,002 segundos que o espanhol Raul Fernandez (Kalex) bateu o inglês Sam Lowes (Kalex) e assegurou o melhor tempo na segunda sessão de treinos livres de Moto2, com o australiano Remy Gardner (Kalex) a registar o terceiro tempo, à frente del Jorge Navarrro (Boscoscuro). Esta vez, o piloto espanhol foi mais rápido que o seu compatriota Aron Canet (Boscoscuro) sexto, atrás do japonês Ai Ogura com as Boscoscuro a intrometerem-se entre as Kalex na busca da primeira vitória do ano.

Surpresa na sessão de Moto3, com o italiano Romano Fenati (Husqvarna) a fazer o melhor tempo do dia e a colocar a marca sueca numa posição onde é raro aparecer, com o bom desempenho das Husqvarna a ser confirmado pelo quinto tempo do espanhol Adrian Fernandez (Husqvarna).

Mais rápido na sessão da manhã, o italiano Dennis Foggia (Honda) fez o segundo tempo e voltou a impôr-se ao espanhol Pedro Acosta (KTM), com quem discute o título, que foi quarto, com outro espanhol, Jaume Masia (KTM) a ficar a separá-los.

MELHORES TEMPOS

MotoGP – Fabio Quartararo (Yamaha), 1’439,390”; Francesco Bagnaia (Ducati), 1’39,522”; Jack Miller (Ducati), 1’39,611”; Joan Mir (Suzuki), 1’39,680”; Pol Espargaro (Honda), 1’39,792”; Johann Zarco (Ducati), 1’39,889”; Alex Marquez (Honda), 1’40,042”; Aleix Espargaro (Aprilia), 1’40,069”; Takkaki Nakagami (Honda), 1’40,122; Alex Rins (Suzuki), 1’40,176”; …; Miguel Oliveira (KTM), 1’40,935”. Treinaram mais três pilotos pilotos

Moto2 – Raul Fernandez (Kalex), 1’43,246”; Sam Lowes (Kalex), 1’43,248”; Remy Gardner (Kalex), 1’43,368”; Jorge Navarro (Boscoscuro), 1’43,372”; Ai Ogura (Kalex), 1’43,445”; Aron Canet (Boscoscuro), 1’43,446”; Marco Bezzecchi (Kalex), 1’43,563”; Celestino Vietti (Kalex), 1’43,581”; Augusto Fernandez (Kalex), 1’43,692”; Xavi Vierge (Kalex), 1’43,702”. Treinaram mais 21 pilotos

Moto3 – Romano Fenati (Husqvarna), 1’48,026”; Dennis Foggia (Honda), 1’48,041”; Jaume Masia (KTM), 1’48,258”; Pedro Acosta (KTM), 1’48,267”; Adrian Fernandez (Husqvarna), 1’48,375”; Niccolò Antonelli (KTM), 1’48,521”; Filip Salac (KTM); 1’48,540”; Ayumu Sasaki (KTM); 1’48,697”; Riccardo Rossi (KTM), 1’48,708”; Ryusel Yamanaka (KTM), 1’48,804”. Treinaram mais 18 pilotos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *