Miguel Oliveira inicia treinos em quinto

O “falcão” da KTM voltou a “voar”, desta vez em território transalpino a deixar bons indícios para o Grande Prémio Tissot dell’Emilia Romagna e Riviera de Rimini, no traçado de Misano.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

A sessão de testes efectuada, na terça-feira, no traçado de Misano, onde no domingo passado foi 11.º, permitiu ao português Miguel Oliveira (KTM) encontrar as afinações ideais para a segunda corrida consecutiva no circuito transalpino e o resultado foi o quinto tempo, na primeira sessão de treinos livres para o Grande Premio Tissot dell’Emilia Romagna e Riviera de Rimini, que tem lugar domingo, a 0,244” do francês Fabio Quartararo (Yamaha), que fez o melhor tempo.

Tal como sucedeu no passado fim-de-semana, a marca dos três diapasões confirmou a adaptação ao traçado, com o italiano Fabio Morbidelli (Yamaha) a registar o segundo tempo, à frente do espanhol Pol Espargaro (KTM), o mais rápido do quarteto de pilotos da marca austríaca.

O espanhol Joan Mir (Suzuki) intercalou-se entre os dois homens da KTM, com o italiano Andrea Dovizioso (Ducati), que comanda o campeonato a não ir além do sétimo tempo, atrás, ainda, do japonês Takaaki Nakagami (Honda).

O italiano Enea Bastianini (Kalex) foi o mais rápido entre os pilotos de Moto2, à frente do suíço Thomas Luthi (Kalex) e do inglês Sam Lowes (Kalex), com o comandante do campeonato, o italiano Luca Marini (Kalex) a não ir além da sexta marca, atrás ainda, do espanhol Hector Garzo (Kalex), que alcançou a melhor posição do ano, e do seu compatriota Nicolò Bulega (Kalex).

Ao ser o único a chegar ao segundo “41”, o espanhol Raul Fernandez (KTM) dominou a primeira sessão de treinos livres de Moto3, à frente do seu compatriota Jeremy Alcoba (Honda) e do italiano Dennis Foggia (Honda), com 19 dos 31 pilotos que estiverem em pista a caberem num segundo

MELHORES TEMPOS

MotoGP – Fabio Quartararo (Yamaha), 1’31,721”; Franco Morbielli (Yamaha), 1’31,811”; Pol Espargaro (KTM), 1’31,841”; Joan Mir (Suzuki), 1’31,926”; Miguel Oliveira (KTM), 1’31,965”; Takaaki Nakagami (Honda), 1’32,102”; Andrea Dovizioso (Ducati), 1’32,152; Johann Zarco (Ducati), 1’32,170”; Aleix Espargaro (Aprilia), 1’32,185”; Francesco Bagnaia (Ducati), 1’32,410”.

Treinaram mais 11 pilotos

Moto2 – Enea Bastianini (Kalex), 1’36,262”; Thomas Luthi (Kalex), 1’36,433”; Sam Lowes (Kalex), 1’36,445”; Hector Garzo (Kalex), 1’36,509”; Nicolò Bulega (Kalex), 1’36,520”; Luca Marini (Kalex), 1’36,543”; Tetsuta Nagashima (Kalex), 2’36,557”; Aron Canet (Speed Up), 1’16,557”; Marco Bezzecchi (Kalex), 1’36,563”; Marcel Schrotter (Kalex), 1’36,696”. Treinaram mais 19 pilotos

Moto3 – Raul Fernandez (KTM), 1’41,962”; Jeremy Alcoba (Honda), 1’42,126”; Dennis Foggia (Honda), 1’42,153”; Gabriel Rodrigo (Honda), 1’42,212”; Andrea Migno (KTM); 1’42,224”; Jaume Masia (Honda), 1’42,246”; Filip Salac (Honda), 1’42,389”; Albert Arenas (KTM), 2’42,400”; Darryn Binder (KTM); 1’42,462; Ayumu Sasaki (KTM), 1’42,471”. Treinaram mais 21 pilotos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: