Miguel Oliveira: estreia absoluta no Mundial de MotoGP

Aos comandos de uma KTM, o piloto português disputa hoje o Grande Prémio do Qatar, com partida marcada para as 17h00, no circuito de Losail.

(auto.look2010@gmail.com)

Miguel Oliveira

O piloto português Miguel Oliveira, aos comandos de uma KTM, disputa hoje a primeira corrida de MotoGP, categoria rainha do Mundial de motociclismo de velocidade, no Grande Prémio do Qatar, prova de abertura do campeonato de 2019.

No circuito de Losail, Miguel Oliveira vai arrancar da sexta fila da grelha de partida, depois de no sábado ter alcançado o 17.º melhor tempo na sessão de qualificação, na qual o espanhol Maverick Viñales (Yamaha) foi o mais rápido e conquistou a “pole position” para a corrida de hoje, com início às 17h00 (hora portuguesa).

O piloto natural de Almada, de 24 anos, é o primeiro português a disputar uma prova da classe rainha do Mundial de motociclismo de velocidade em mais de 20 anos, sucedendo a Felisberto Teixeira, que participou no Grande Prémio de Espanha de 1998, em Jerez de la Frontera, no campeonato de 500cc, antecessor do MotoGP.

Antes de chegar ao MotoGP, Miguel Oliveira foi vice-campeão do mundo nas duas categorias inferiores, em Moto3, em 2015, e em Moto2, em 2018, tendo vencido 12 corridas (seis em cada classe), subido 34 vezes ao pódio e alcançado quatro “pole positions”.

Hoje à tarde, o vice-campeão mundial de Moto2 de 2018 quer «ganhar experiência» e «melhorar a pilotagem» ao comando da sua KTM RC16, que tem vindo a desenvolver com a equipa desde Novembro, mês em que decorreu o primeiro teste de pré-época do MotoGP.

«Acho que a abordagem ao primeiro GP é sempre muito simples: dar o meu melhor e tentar fazer o meu trabalho como sempre, bem como deixar a equipa feliz com a minha performance», disse Miguel Oliveira da KTM Tech 3: «Sinto que é importante para mim terminar a corrida para ganhar experiência e saber onde tenho de melhorar na minha pilotagem».

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação