Miguel Oliveira em dúvida para a Malásia

Os resultados da ressonância magnética que revelaram problemas nos tendões dos dois pulsos, mas é uma lesão no ombro que mais preocupa o piloto português, estando a ser analisada a possibilidade de competir no Grande Prémio da Malásia no próximo fim de semana.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

A presença do português Miguel Oliveira (KTM) no traçado de Sepang está em dúvida, em consequência da violenta queda sofrida no circuito de Philippe Island (Austrália), com o piloto a continuar com dores nas mãos e a ver agravada a lesão no ombro provocada pela queda em Silverstone.

Confirmada que está a continuidade de Miguel Oliveira na Tech3, resta esperar que o piloto luso possa recuperar para poder regressar às pistas, antes da conclusão da temporada.

Para o espanhol Marc Marquez (Honda) vai querer chegar à 12.ª vitória da temporada, com o francês Fabio Quartararo (Yamaha) apostado em vencer pela primeira vez, vitória que será justa, com os espanhóis Alex Rins (Suzuki) e Maverick Viñales (Yamaha) em luta directa pelo derradeiro lugar do pódio final.

Com o título de Moto3 decidido na Austrália, resta definir o campeão de Moto2, com o espanhol Alex Marquez (Kalex) e o suíço Thomas Luthi (Kalex) a estarem na corrida pelo ceptro.

Há 50 pontos em jogo e o espanhol tem 28 de vantagem, pelo que tem tudo a seu favor para conquistar o campeonato e precisa de um 12.º lugar, em caso de vitória do suíço.

A vitória do italiano Lorenzo Dalla Porta (Honda) e a queda do espanhol Aron Canet (KTM), em Phillip Island, decidiu o título de Moto3, com o italiano a impedir que a Espanha monopolizasse os títulos.

Em Sepang, sem nada para decidir, tudo aponta para mais uma corrida intensa, com lutas constantes e vencedor imprevisível.

CLASSIFICAÇÕES DOS “MUNDIAIS”

PILOTOS

MOTOGP – 1.º Marc Marquez, 375 pontos; 2.º, Andrea Dovizioso, 240; 3.º, Alex Rins, 183; 4.º, Maverick Viñales, 176; 5.º, Danilo Petrucci, 169; 6.º, Fábio Quartararo, 163; 7.º, Valentino Rossi, 153; 8.º, Jack Miller, 141; 9.º, Cal Crutchlow, 133; 10.º, Franco Morbidelli, 105; …; 17.º, Miguel Oliveira, 33. Estão classificados mais nove pilotos

MOTO2 – 1.º, Alex Marquez, 242 pontos; 2.º, Thomas Luthi, 214; 3.º, Brad Binder, 209; 4.º, Jorge Navarro, 199; 5.º, Augusto Fernandez, 192; 6.º, Luca Marini, 176; 7.º, Lorenzo Baldassarri, 162; 8.º, Marcel Schrotter, 130; 9.º, Fabio Di Giannantonio, 101; 10.º, Enea Bastianini, 95. Estão classificados mais 20 pilotos.

MOTO3 – 1.º, Lorenzo Dalla Porta, 254 pontos; 2.º Aron Canet, 182; 3.º, Toby Arbolino, 168; 4.º, Marcos Ramirez, 164; 5.º, John McPhee, 147; 6.º, Niccolò Antonelli, 122; 7.º, Celestino Vietti, 116; 8.º, Tatsuki Suzuki, 111; 9.º, Jaume Masia, 105; 10.º, Albert Arenas, 104. Estão classificados mais 23 pilotos.

CONSTRUTORES

MOTOGP – 1.º, Honda, 381 pontos; 2.º, Ducati, 286; 3.º, Yamaha, 276; 4.º, Suzuki, 212; 5.º, KTM, 100; 6.º, Aprilia, 78

MOTO2 – 1.º, Kalex, 402 pontos; 2.º, Speed Up, 232; 3.º, KTM, 231;

4.º, MV Agusta, 31; 5.º, NTS, 11

MOTO3 – 1.º, Honda, 389 pontos; 2.º, KTM, 311

EQUIPAS

MOTOGP – 1.º, Ducati Team, 409 pontos; 2.º, Repsol Honda Team, 408; 3.º, Monster Energy Yamaha MotoGP, 329; 4.º, Petronas Yamaha SRT, 268; 5.º, Team Suzuki Ecstar, 264; 6.º, LCR Honda, 210; 7.º, Pramac Racing, 191; 8.º, Red Bull KTM Factory Racing, 118; 9.º, Aprilia Racing Team Gresini, 96; 10.º, Red Bull KTM Tech3, 41; 11.º, Real Avintia Racing, 25

MOTO2 – 1.º, Flexbox HP40, 367 pontos; 2.º, Dynavolt Intact GP, 344;

3.º, EG 0,0 Marc VDS, 301; 4.º, Beta Tools Speed Up, 300; 5.º, Red Bull KTM Ajo, 292; 6.º, SKY Racing Team VR46, 220; 7.º, ONEVOX TKKR SAG Team, 144; 8.º, Italtrans Racing Team, 141; 9.º, Monday.com American Racing KTM, 84; 10.º, Federal Oil Gresini Moto2, 60; 11.º, MV Agusta Temporary Forward, 40; 12.º, Idemitsu Honda Team Asia, 23; 13.º, Tasca Racing Scuderia, 19; 14.º, Red Bull KTM Tech3, 17; 15.º, NTS RW Racing GP, 13; 16.º, Petronas Sprinta Racing, 8; 17.º, Gaivota Angel Nieto Team, 4; 18.º, Kiefer Racing, 3

MOTO3 – 1.º, Leopard Racing, 418 pontos; 2.º, VNE Snipers, 239; 3.º, SIC58 Squadra Corse, 233; 4.º, Sky Racing Team VR46, 213; 5.º, Petronas Sprinta Racing, 209; 5.º, Sterilgarda Max Racing Team, 182; 7.º, Mugen Race, 163; 8.º, Gaviota Angel Nieto Team, 162; 9.º, Honda Team Asia, 150; 11.º, Estrela Galicia 0.0, 102; 11.º, Redox PruestelGP, 95; 12.º, Kommerling Gresini Moto3, 74; 13.º, CIP Green Power, 64; 14.º, Boe Skull Rider Mugen, 36; 15.º, Reale Avintia Arizona 77, 19; 16.º, Red Bull KTM Ajo, 4

PRÓXIMA PROVA – Pramac Generac Australian Grand Prix, dia 27 de Outubro, em Phillip Island.

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação