Miguel Oliveira: “dia normal nos treinos livres”

Piloto de Almada terminou com o 17.º melhor registo, depois de a sessão matinal ter sido marcada pelo piso molhado e a da tarde ter sido feita com a pista seca.

(auto.look2010@gmail.com)

O português Miguel Oliveira (KTM) considerou hoje que teve um «dia normal» de treinos livres para o Grande Prémio da Comunidade Valenciana, última prova do Campeonato do Mundo de velocidade em motociclismo. O piloto de Almada terminou com o 17.º melhor registo, depois de a sessão matinal ter sido marcada pelo piso molhado e a da tarde ter sido feita com a pista seca.

«Foram condições diferentes entre as duas sessões. Senti algumas dificuldades para encontrar o ponto de viragem com a moto. O pneu macio usado no final da segunda sessão não era o ideal», explicou o piloto luso, no final do dia de trabalho.

Miguel Oliveira considerou, por isso, que foi «uma sexta-feira regular, nada de extraordinário». «Já sabíamos da possibilidade de chover. Tínhamos de nos adaptar. Tínhamos duas motos, para uma ficar com afinações de chuva e outra de seco. Mas afecta a todos da mesma forma», destacou.

O piloto da KTM explicou que «só a curva 1 é que era um pouco mais» complicada. Miguel Oliveira tenta este sábado um lugar entre os 10 mais rápidos na terceira sessão de treinos livres de forma a garantir o apuramento directo para a segunda fase da qualificação, disputada na tarde de sábado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *