Miguel Oliveira defende a Ducati em 2023

Miguel Oliveira está mesmo de saída da austríaca KTM e o destino mais provável é a equipa italiana Gresini-Ducati. O “Falcão” da Charneca da Caparica foi fotografado a entrar nas boxes ao lado do diretor desportivo da Ducati.

CARLOS SOUSA (carlos.sousa@autolook.pt)

A SportTV já tinha anunciado que Miguel Oliveira vai trocar a KTM pela Team Gresini, da Ducati em 2023, para ocupar o lugar do italiano Enea Bastianini, que vai de “malas e bagagens” para a equipa oficial da Ducati.

Aos 27 anos de idade, o experiente piloto português prepara-se para deixar a marca austríaca ao fim de sete anos de ligação para se juntar à equipa italiana e juntar-se a Fabio Di Giannantonio.

Refira-se que Miguel Oliveira ter-se-á recusado a regressar ao seio da “satélite” Tech3, fazendo questão de que pretendia manter-se na equipa de fábrica da KTM, onde será substituído pelo australiano Jack Miller.

Este sábado, o piloto da Charneca da Caparica foi visto e fotografado a entrar nas boxes da Gresini no circuito da Catalunha ao lado de Paulo Oliveira, pai e empresário, bem como de Paolo Ciabatti, diretor desportivo da Ducati.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.