Miguel Oliveira com duplo triunfo em Vila Real

O piloto de Almada regressou este fim de semana às quatro rodas e às vitórias, desta feita no mítico Circuito Internacional de Vila Real, que recebeu o seu 51º evento desportivo e, mais precisamente, a 5.ª prova da FIA – WTCR e a 2ª jornada do Campeonato Portugal de Velocidade (CPV).

(auto.look2010@gmail.com)

Entre sexta-feira e domingo, o piloto de MotoGP da KTM Factory Team e embaixador da Hyundai integrou a prova do CPV, lado a lado com o seu pai e manager Paulo Oliveira, tendo vencido categoricamente na classe TCR aos comandos de um Hyundai i30 N TCR, em ambas as corridas realizadas.

«Na primeira corrida (no sábado), o início foi demasiado atrás, mas mais adiante consegui apanhar a pista limpa, o que me permitiu conhecê-la melhor e ganhar posições. Esteve muito calor, o que dificultou um pouco toda a condução, mas tomei consciência de que esta é uma pista muito técnica e a minha principal aprendizagem foi em relação aos limites de pista – é preciso de facto ter uma grande pilotagem neste circuito», sustentou o piloto da Charneca da Caparica.

«Quanto à segunda corrida, o início foi um pouco descontrolado, mas o meu pai conseguiu sair bem da situação e conseguiu também cumprir o objetivo que era trazer-me o i30 N inteiro, para que eu pudesse seguir e divertir-me. Tanto eu como o meu pai adorámos esta experiência e só tenho a agradecer o convite que recebemos da Hyundai», acrescentou Miguel Oliveira.

O programa desportivo do 51.º Circuito Internacional de Vila Real começou logo 5.ª feira com uma receção calorosa dos amantes do desporto automóvel aos pilotos que integraram a lista de inscritos no circuito, aos quais longas filas de fãs do piloto de Almada também se juntaram para uma sessão de autógrafos conjunta junto à Câmara Municipal da cidade. Já sexta-feira ficou marcada pelo arranque das sessões de treinos e pela realização das qualificações de todas as classes inscritas.

As corridas tiveram lugar sábado e domingo, ao longo dos mais de 4.700m do circuito citadino de Vila Real, circuito este que regressou à atividade depois de dois anos de interregno motivado pela pandemia Covid-19. Além do duplo triunfo de Miguel Oliveira, a forte adesão do público nas bancadas e “paddock” tornou tudo ainda mais especial, confirmando a expectativa de um fim de semana épico, de emoções e de adrenalina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.