Miguel Oliveira caiu mas terminou

A dificuldade em gerir a temperatura dos pneus no asfalto do circuito Marco Simoncelli, em Misano, foi a causa da queda que afastou Miguel Oliveira (KTM) de um lugar nos pontos no GP de São Marino.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

Pela segunda vez consecutiva, o português Miguel Oliveira (KTM) voltou a cair mas, ao contrário do que sucedeu em Silverstone, pode regressar à pista e terminar a corrida, no 16.º lugar, tendo ficado à porta dos pontos, onde estava no momento da queda.

Como consequência desceu para 18.º do campeonato, mas continua a um ponto do francês Johann Zarco (KTM), piloto da equipa oficial, e três pontos à frente do espanhol Jorge Lorenzo (Honda).

A corrida de MotoGP foi dominada pelo francês Fabio Quartararo (Yamaha) que, ao longo de 26 das 27 voltas que compunham a corrida, foi seguido como uma sombra pelo espanhol Marc Marquez (Honda) que, na penúltima volta, passou para a frente, para averbar a sétima vitória em 13 corridas e cimentar a posição de comandante do “Mundial”, agora com 93 pontos de avanço sobre o italiano Andrea Dovizioso (Ducati), que não foi além do sexto lugar, com o espanhol Maverick Viñales (Yamaha) a completar o pódio.

Embalado pela vitória em Silverstone, o espanhol Augusto Fernandez (Kalex) triunfou na corrida de Moto2, ao impor-se ao italiano Fabio Di Giannantonio (Speed Up) batido em cima da meta, depois de terem fugido aos perseguidores, com o italiano a não resistir ao ataque do espanhol, com outro espanhol Alex Marquez (Kalex) a completar o pódio, tendo visto a sua vantagem, sobre o seu compatriota, reduzir-se para 28 pontos.

Em Moto3, o japonês Tatsuki Suzuki (Honda) inscreveu, pela primeira vez, o nome na lista de vencedores da categoria, depois de uma corrida decidida em cima da meta pelos quatro primeiros, uma vez que o italiano Lorenzo Dalla Porta (Honda), quarto a passar a meta, foi penalizado em três segundos, por ter feito demasiadas incursões por fora da pista, o que o relegou para o oitavo lugar, com o inglês John McPhee (Honda) e o italiano Tony Arbolino (Honda) a completarem o pódio.

CLASSIFICAÇÕES

CORRIDAS

MOTOGP – 1.º, Marc Marquez (Honda), 27 voltas (114,102 km), em 42’25,163” (161,3 km/h); 2.º, Fabio Quartararo (Yamaha), a 0,903”; 3.º, Maverick Viñales (Yamaha), a 1,636”; 4.º, Valentino Rossi (Yamaha), a 12,660”; 5.º, Franco Morbidelli (Yamaha), a 12,774”; 6.º, Andrea Dovizioso (Ducati), a 13,744”; 7.º, Pol Espargaro (KTM), a 20,050”; 8.º, Joan Mir (Suzuki), a 22,512”; 9.º, Jack Miller (Ducati), a 26,554”; 10.º, Danilo Petrucci (Ducati), a 31,456”; …; 16.º, Miguel Oliveira (KTM), a 1’07,831”. Classificaram-se mais dois pilotos

MOTO2 – 1.º, Augusto Fernandez (Kalex), 25 voltas (105,650 km), em 41’12,535” (153,8 km/h); 2.º, Fabio Di Giannantonio (Speed Up), 0,186”; 3.º, Alex Marquez (Kalex), a 1,283”; 4.º, Thomas Luthi (Kalex), a 2,733”; 5.º, Sam Lowes (Kalex), a 8,764”; 6.º, Brad Binder (KTM), a 8,952”; 7.º, Jorge Navarro (Speed Up), a 9,928”; 8.º, Xavi Vierge (Kalex), a 12,844”; 9.º, Enea Bastianini (Kalex), a 13,918”; 10.º, Lorenzo Baldassarri (Kalex), a 15,338”. Classificaram-se mais 15 pilotos.

MOTO3 – 1.º, Tatsuki Suzuki (Honda), 23 voltas (97,198 km), em 40’00,034” (145,7 km/h); 2.º, John McPhee (Honda), a 0,112”; 3.º, Tony Arbolino (Honda), a 0,201”; 4.º, Jaume Masia (KTM), a 0,708”; 5.º, Dennis Foggia (KTM), a 3,232”; 6.º, Gabriel Rodrigo (Honda), a 3,431”; 7.º, Marcos Ramirez (Honda), a 3,518”; 8.º, Lorenzo Dalla Porta (Honda), a 3,740”; 9.º, Filip Salac (KTM), a 4,358”; 10.º, Raul Fernandez (KTM), a 14,210”. Classificaram-se mais seis pilotos

CAMPEONATOS

PILOTOS

MOTOGP – 1.º, Marc Marquez, 275 pontos; 2.º, Andrea Dovizioso, 182; 3.º, Danilo Petrucci, 151; 4.º, Alex Rins, 149; 5.º, Maverick Viñales, 134; 6.º, Valentino Rossi, 129; 7.º, Fábio Quartararo, 112; 8.º, Jack Miller, 101; 9.º, Cal Crutchlow, 88; 10.º, Franco Morbidelli, 80; …; 18.º, Miguel Oliveira, 26. Estão classificados mais sete pilotos

MOTO2 – 1.º, Alex Marquez, 197 pontos; 2.º, Augusto Fernandez, 171; 3.º, Thomas Luthi, 159; 4.º, Jorge Navarro, 155; 5.º, Brad Binder, 135; 6.º, Lorenzo Baldassarri, 130; 7.º, Marcel Schrotter, 116; 8.º, Luca Marini, 113; 9.º, Fabio Di Giannantonio, 89; 10.º, Enea Bastianini, 81. Estão classificados mais 20 pilotos.

MOTO3 – 1.º, Lorenzo Dalla Porta, 179 pontos; 2.º Aron Canet, 157; 3.º, Toby Arbolino, 149; 4.º, Marcos Ramirez, 123; 5.º, Niccolò Antonelli, 118; 6.º, John McPhee, 113; 7.º, Jaume Masia, 96; 8.º, Celestino Vietti, 88; 9.º, Tatsuki Suzuki, 75; 10.º, Jakub Kornfeil, 71. Estão classificados mais 23 pilotos.

CONSTRUTORES

MOTOGP – 1.º, Honda, 281 pontos; 2.º, Ducati, 221; 3.º, Yamaha, 215; 4.º, Suzuki, 174; 5.º, KTM, 85; 6.º, Aprilia, 57

MOTO2 – 1.º, Kalex, 320 pontos; 2.º, Speed Up, 188; 3.º, KTM, 145; 4.º, MV Augusta, 16, 5.º, NTS, 8

MOTO3 – 1.º, Honda, 299 pontos; 2.º, KTM, 225

EQUIPAS

MOTOGP – 1.º, Ducati Team, 333 pontos; 2.º, Repsol Honda Team, 308; 3.º, Monster Energy Yamaha, 263; 4.º, Team Suzuki Ecstar, 200; 5.º, Petronas Yamaha SRT, 192; 6.º, LCR Honda, 150; 7.º, Pramac Racing, 130; 8.º, Red Bull KTM Factory Racing, 104; 9.º, Aprilia Racing Team Gresini, 64; 10.º, Red Bull KTM Tech3, 33; 11.º, Real Avintia Racing, 22

MOTO2 – 1.º, Flexbox HP40, 314 pontos; 2.º, Dynavolt Intact GP, 275; 3.º, EG 0,0 Marc VDS, 250; 4.º, +Ego Speed Up, 244; 5.º, Red Bull KTM Ajo, 165; 6.º, SKY Racing Team VR46, 141; 7.º, Italtrans Racing Team, 123; 8.º, ONEVOX TKKR SAG Team, 120; 9.º, American Racing KTM, 50; 10.º, Federal Oil Gresini Moto2, 49; 11.º, MV Augusta Temporary Forward, 23; 12.º, Tasca Racing Scuderia, 19; 13.º, Idemitsu Honda Team Asia, 13; 14.º, Red Bull KTM Tech3, 10; 15.º, NTS RW Racing GP, 9; 16.º, Petronas Sprinta Racing, 8; 17.º, Sama Qatar Angel Nieto Team, 4; 18.º, Kiefer Racing, 3

MOTO3 – 1.º, Leopard Racing, 302 pontos; 2.º, VNE Snipers, 216; 3.º, SIC58 Squadra Corse, 193; 4.º, Petronas Sprinta Racing, 160; 5.º, Sterilgarda Max Racing Team, 157; 6.º, Sky Racing Team VR46, 153; 7.º, WWR, 148; 8.º, Honda Team Asia, 117; 9.º, Sama Qatar Angel Nieto Team, 86; 10.º, Redox PruestelGP, 84; 11.º, Kommerling Gresini Moto3, 64; 12.º, CIP Green Power, 46; 13.º, Estrela Galicia 0.0, 43; 14.º, Boe Skull Rider Mugen, 30; 15.º, Reale Avintia Arizona 77, 5; 18.º, Red Bull KTM Ajo, 4

PRÓXIMA PROVA – Gran Premio Michelin de Aragon, dia 22 de Setembro, no Motor Land Aragon.

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação