Miguel Oliveira bate Hafizh Syahrin

Piloto português deixou de assumir a ingrata missão de lanterna vermelha, ultrapassando o malaio, seu companheiro de equipa na derradeira sessão de treinos livres para o Grande Prémio de Itália.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmailcom)

Na derradeira sessão de treinos livres de MotoGP, o português Miguel Oliveira (KTM) deixou o fundo da tabela de tempos, posição que passou a ser ocupada pelo malaio Hafizh Syahrin, seu colega de equipa.

Contudo Pol Espargaro (KTM), um dos pilotos oficiais registou o segundo tempo, só tendo sido batido pelo italiano Danilo Petrucci (Ducati), o que é um bom indicativo da evolução da moto, embora o francês Johann Zarco (KTM), o outro piloto da equipa oficial, tenha registado o 19.º tempo, três posições à frente de Miguel Oliveira. O espanhol Marc Marquez (Honda) registou o terceiro tempo, à frente do japonês Takkaki Nakagami (Honda).

Em Moto2 foi o espanhol Augusto Fernandez (Kalex) a registar a melhor marca ao ser 0,009” mais rápido que o suíço Thomas Luthi (kalex), com o espanhol Alex Marquez (Kalex) a fechar o lote dos três mais rápidos.

Finalmente, em Moto3, o melhor tempo voltou a pertencer a um piloto da casa na circunstância Tony Arbolino (Honda) que foi 0,004” mais rápido que o espanhol Alonso Lopez (Honda)

MELHORES TEMPOS DOS TREINOS LIVRES

MOTOGP – Danilo Petrucci (Ducati), 1’46,056”; Pol Espargaro (KTM), 1’46,263”; Marc Marquez (Honda), 1’46,280”; Takaaki Nakagami (Honda), 1’46,456”; Jack Miller (Ducati), 1’46,478”; Fabio Quartararo (Yamaha), 1’46,888”; Maverick Viñales (Yamaha), 1’46,509”; Franco Morbidelli (Yamaha), 1’46,518”; Francesco Bagnaia (Ducati), 1’46,713”; …; Miguel Oliveira (KTM), 1’48,250”. Treinou mais um piloto

MOTO2 – Augusto Fernandez (Kalex), 1’51,625”; Thomas Luthi (Kalex), 1’51,634”; Alex Marquez (Kalex), 1’51,728”; Enea Bastianini (Kalex), 1’51,778”; Remy Gardner (Kalex), 1’51,814”; Jorge Navarro (Speed Up), 1’51,856”; Luca Marini (Kalex), 1’51,919”; Mattia Pasini (Kalex), 1’52,035”; Marcel Schrotter (Kalex), 1’52,050”; Fabio Di Giannantonio (Speed Up), 1’52,151”. Treinaram mais 22 pilotos

MOTO3 – Tony Arbolino (Honda), 1’56,637”; Alonso Lopez (Honda), 1’56,641; Dennis Foggia (KTM), 1’56,706”; Jaume Masia (KTM); 1’56,765”; John McPhee (Honda), 1’56,787”; Sergio Garcia (Honda), 1’56,876”; Kaito Toba (Honda), 1’56,920”; Aron Canet (KTM), 1’57,019; Tatsuki Suzuki (Honda), 1’57,047”; Niccolò Antonelli (Honda), 1’57,111”. Treinaram mais 21 pilotos.

 

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação