Miguel Oliveira: 6.º tempo em Red Bull Ring

O português da KTM garantiu esta sexta-feira sexto melhor tempo no primeiro dia de treinos livres para o Grande Prémio da Áustria de MotoGP, posição que lhe dá uma vaga provisória na segunda fase da qualificação. Prova austríaca é a 11.ª da temporada e disputa-se no Red Bull Ring, em Spielberg.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

O português Miguel Oliveira (KTM) está, na segunda fase da temporada, a mostrar uma cada vez maior adaptação à categoria rainha do motociclismo mundial e, no Red Bull Ring, depois de ter sido 10.º, na primeira sessão de treinos livres, alcançou o sexto tempo na segunda e está à porta de, pela primeira vez, entrar, amanhã, na Q2, ao ser o sétimo na classificação conjunta das duas sessões efectuadas esta sexta-feira. Para além disso o “motard” português foi o melhor dos pilotos da KTM, dando-se ao luxo de bater os pilotos da equipa oficial, o espanhol Pol Espargaro (10.º) e o francês Johann Zarco (17.º), numa confirmação, clara, da evolução que tem feito.

Mais rápido na primeira sessão, o italiano Andrea Dovizioso (Ducati) caiu na segunda, onde estabeleceu o nono tempo, e viu os espanhóis, Marc Marquez (Honda) e Maverick Viñales (Yamaha), que o tinham seguido na sessão inaugural, ascenderam ao topo da tabela de tempos, sendo os únicos rodar no segundo “23”. Apesar de ter sido terceiro na sessão da tarde, o japonês Takaaki Nakagami (Honda) não bateu o tempo feito pelo italiano de manhã e por isso é o quarto no conjunto das duas sessões, estando na mesma situação de Miguel Oliveira, sexta na sessão da tarde, mas sétimo no conjunto do dia.

Mais rápida em Moto3, pelo italiano Celestino Vietti, a KTM pelo sul-africano Brad Binder colocou-se, também, no topo da tabela de tempos em Moto2 e pode interromper o domínio da Kalex, que viu o japonês Tetsuta Nagashima e o suíço Thomas Luthi colocarem-se nos lugares seguintes à frente do espanhol Jorge Navarro (Speed Up), com outro espanhol Jorge Martin (KTM), nono, a colocar a terceira mota da marca austríaca no lote dos 10 mais rápidos.

A correr em “casa”, a KTM confirmou a superioridade exibida de manhã, na primeira sessão de treinos livres de Moto3, com o italiano Celestino Vietti (KTM) a ser o mais rápido da sessão, à frente do inglês John McPhee (Honda) e do japonês Tatsuki Suzuki (Honda), enquanto o checo Jakub Kornfeil (KTM) não ia além do 11.º tempo da sessão e era relegado para o quinto lugar no conjunto dos dois treinos, com a marca japonesa a inverter a situação e a colocar sete motos nos 10 primeiros lugares, depois de no treino da manhã só lá ter tido duas.

MELHORES TEMPOS DOS TREINOS LIVRES

MOTOGP – Marc Marquez (Honda), 1’23,916”; Maverick Viñales (Yamaha), 1’23,982”; Takaaki Nakagami (Honda), 1’24,071; Fábio Quartararo (Yamaha), 1’24,153”; Jack Miller (Ducati), 1’24,308”; Miguel Oliveira (KTM), 1’24,326”; Danilo Petrucci (Ducati), 1’24,330”; Cal Crutchlow (Honda), 1’24,336”; Andrea Dovizioso (Ducati), 1’24,411”; Pol Espargaro (KTM), 1’24,418”. Treinaram mais 11 pilotos.

MOTO2 – Brad Binder (KTM), 1’29,029; Tetsuta Nagashima (Kalex), 1’29,119”; Thomas Luthi (Klaex), 1’29,147”; Jorge Navarro (Speed Up), 1’29,162”; Enea Bastianini (Kalex), 1’29,216”; Luca Marini (Kalex), 1’29,365”; Augusto Fernandez (Kalex), 1’29,377”; Somklat Chantra (Kalex), 1’29,383”; Jorge Martin (KTM), 1’29,449; Marcel Schrotter (Kalex), 1’29,474”. Treinaram mais 22 pilotos

MOTO3 – Celestino Vietti (KTM), 1’36,585”; John McPhee (Honda), 1’36,616”; Tatsuki Suzuki (Honda), 1’36,638; Ayumu Sasaki (Honda), 1’36,937; Tony Arbolino (Honda), 1’37,011”; Jaume Masia (KTM), 1’37,063”; Niccolò Antonelli (Honda), 1’37,088”; Ai Ogura (Honda), 1’37,104”; Filip Salac (KTM), 1’37,163”; Marcos Ramirez (Honda), 1’37,322”. Treinaram mais 21 pilotos

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação