Miguel Barbosa voltou a trepar posições na geral

Piloto do BP Ultimate Vodafone Team teve pela frente um Sector Selectivo de 395 km cuja classificação lhe permitiu subir mais três posições na classificação geral, aproximando-se agora de um lugar no “top 30”.

(auto.look2010@gmail.com)

Miguel Barbosa, Pedro Velosa e a Toyota Hilux T1 Overdrive completaram sem percalços a quinta etapa, a primeira das duas que se disputam em torno de Riyadh, capital da Arábia Saudita e antes de um merecido dia de descanso.

«Mais uma etapa concluída, a primeira em forma de boucle em Riyadh. Esta quinta-feira não tivemos motos a partir à nossa frente. Tivemos apenas os carros, SSV e camiões. Partimos uma vez mais lá de trás. A etapa foi longa, mas estamos satisfeitos com o dia de hoje. O percurso era composto por pistas rápidas e também dunas», sustentou Miguel Barbosa.

«A areia começa a estar mais mole e começa a ser um pouco mais difícil. Foi uma especial limpa. Havia muita pedra, característica das especiais da Arábia Saudita. Tivemos dois furos. Não tivemos registos de outros problemas e o carro também esteve impecável. Estamos quase a meio do Dakar. Esta sexta-feira é mais um dia longo a que se segue o dia de descanso. Há que manter a cabeça fria para tentarmos fazer uma etapa limpa. Há que procurar chegar a horas para que haja tempo de preparar o carro para a segunda semana de Dakar», sublinhou o piloto apoiado pelo Automóvel Club de Portugal (ACP).

Esta sexta-feira disputa-se a sexta etapa, a segunda em forma de boucle em torno de Riyadh, com os automóveis a percorrer o troço que no dia desta quinta-feira foi trilhado pelas motos. Serão 348 km disputados ao cronómetro. Nesta especial, a comitiva vai poder explorar o oeste da capital, numa etapa que dará por concluída a primeira semana de prova. Será preciso estar atento às muitas interseções que existem na primeira parte da especial. As dunas aparecerão a meio do percurso e terão uma extensão de cerca de 40 km.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.