Miguel Barbosa: banho e descanso em Riyadh

Piloto do BP Ultimate Vodafone Team superou a primeira metade do Dakar com muito sacrifício, marcado pela fadiga devido a doença, mas nos dois últimos dias tem respondido cabalmente ao infortúnio e já encetou pela recuperação, física e em termos de classificação.

(auto.look2010@gmail.com)

Depois de sete intensos dias de prova, Miguel Barbosa terá amanhã em Riyadh, capital da Arábia Saudita, um merecido dia de descanso. Hoje o piloto do BP Ultimate Vodafone Team, navegado por Pedro Velosa e aos comandos da Toyota Hilux T1 Overdrive, teve pela frente 348 km disputados ao cronómetro superados sem incidentes de maior.

«Foi uma etapa rápida, com muita, muita pedra. Encontrámos dunas já mais perto do fim. As dunas foram a parte mais interessante do percurso. Todo o resto teve muita pedra. Furámos duas vezes. Tem de se andar com “pezinhos de lã”, mas mesmo assim é fácil furar. Parámos também para ajudar o piloto chinês da nossa equipa que capotou. Demos um puxão com a cinta, o que também faz parte do Dakar, este espírito de entreajuda», começou por referir o piloto apoiado pelo Automóvel Club de Portugal (ACP).

«Já estamos a meio da prova, estamos satisfeitos por aqui estar. O carro está operacional e não tivemos problemas. Agora é tempo de fazer “reset” ao carro e ver o que podemos melhorar para a segunda semana», acrescentou o piloto do BP Ultimate Vodafone Team à chegada a Riyadh, capital da Arábia Saudita no final da sexta etapa.

Amanhã os pilotos vão poder gozar de um dia de descanso. Esta é hora de todos fazerem um balanço da sua estratégia e usarem o tempo com sabedoria para recuperar de forma equilibrada. O tempo será dividido entre a manutenção necessária às máquinas para voltar às dunas e descansar no verdadeiro sentido da palavra. Tudo isto mantendo o foco na competição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *