Merli intocável e Salvador mais rápido na Falperra

O italiano Christian Merli e o português Pedro Salvador vincaram a sua marca na Rampa da Falperra, levando por vencida os desafios que lhes estava reservado. Apesar da onda de calor que s fez notar em Braga, um mar de gente emoldurou o traçado bracarense.

(auto.look2010@gmail.com) – Fotos: António Silva / Zoom Motorsport

Christian Merli

O italiano Christian Merli (Osella FA30) foi o brilhante dominador, este domingo, da 41.ª edição da Altice Rampa Internacional da Falperra, segunda prova do Europeu e quarta do Campeonato de Portugal de Montanha JC Group, ao bater, por uma diferença de 6,375 segundos o checo Petr Trnka (Norma M20 FC).

Já Pedro Salvador (Silver Car CS) foi o piloto português mais rápido no percurso de 5.200 metros, com um acumulado das duas melhores subidas que lhe garantiria o sétimo lugar da classificação final absoluta.

Christian Merli, que chegou a Braga como favorito e já líder do Europeu, obteve, a uma média de 174,8 km/h, a segunda vitória consecutiva no traçado minhoto – terceira se incluirmos nessa contabilidade o Masters FIA de 2021, embora com a rampa mais curta a nível de extensão – e rumará, certamente, à conquista do seu quinto título europeu, restem ainda mais 7 provas para o fim da época…

Pedro Salvador

Na prova organizada pelo Clube Automóvel do Minho, e que juntou na Falperra um número estimado superior a 100 mil espectadores, José Correia (Norma M20 FC) acabou como piloto português melhor classificado (9.º), no que diz respeito à competição do Europeu, mas o mais rápido, em termos absolutos, entre as cores nacionais do Campeonato Portugal de Montanha JC Group – nem todos os pilotos estavam inscritos na prova do Europeu – foi Pedro Salvador (Silver Car SC).

Neste regresso esporádico à montanha e a uma prova que venceu, a nível absoluto, em 2016, Salvador esteve irrepreensível, para bater Hélder Silva (Osella PA 2000), triunfador na primeira prova da época, em Murça, por uma margem significativa (10,487s).

O bem conhecido Carlos Vieira, que no próximo ano admite, sem prejuízo de outras competições, vir a disputar o Campeonato de Portugal de Montanha, assegurou o último lugar do pódio com o Nova 03 GSXR 1000 alugado à equipa do francês Sebastien Petit.

CLASSIFICAÇÃO FINAL (EUROPEU)

1.º Christian Merli (Osella FA 30), 3.34.505 (média 174,8 km/h)

2.º Petr Trnka (Norma M20 FC), + 6,375s

3.º Alexander Hin (Osella FA 30), + 8.891

4.º Joseba Lanzagorta (Nova NP01), + 9.252

5.º Milos Benes (Osella FA 30), + 11.231

6.º Javier Villa Garcia (BRC BR53), + 13.870

7.º Sebastien Petit (Nova NP 01), + 15.432

8.º Michele Fattorini (Wolf GB08 Thunder), + 30.764

9.º José Correia (Norma M20 FC), + 35.163

10.º Gonzalo Capalleja (Nova NP 03), + 39.829

11.º Karl Schagerl (VW Golf Rallye), + 40.170

12.º Igor Stefanovski (Hyundai i30 TCR), + 57.912

13.º Domagoj Perekovic (Mitsubishi Lancer Evo IX), + 59.208

14.º Gabriela Correia (Mercedes AMG GT4), + 59.598

15.º Antonio Cardone ( Wolf GB08 Thunder), + 1.01.180

CAMPEONATO DE PORTUGAL DE MONTANHA JC GROUP

1.º Pedro Salvador (Silver Car CS), 3.48.733

2.º Hélder Silva (Osella PA 2000), + 18.487

3.º Carlos Vieira (Nova 03 GSXR 1000), + 20.196

4.º Miguel Matos (Giiip G1-17), + 22.019

5.º José Correia (Norma M20 FC), + 22.419

Partilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.