Mercedes já domina no Mónaco

Sejam quais forem as circunstâncias, a Mercedes domina a Fórmula 1 de forma clara e demonstrou-o, uma vez mais, nas ruas de Monte Carlo, onde o inglês Lewis Hamilton (Mercedes) foi o mais rápido nas duas sessões de treinos livres.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

E se na primeira sessão, o holandês Max Verstappen (Red Bull/Honda) conseguiu colocar-se atrás do inglês, na segunda seria o finlandês Valtteri Bottas, companheiro de equipa de Lewis Hamilton a registar o segundo tempo, a menos de um décimo de segundo do inglês.

Na segunda sessão, Max Verstappen, com problemas no carro, passou muito tempo na “box” e quando saiu para a pista, já na fase final da sessão, apanhou tráfego e não conseguiu uma volta limpa, tendo de contentar-se com o sexto tempo.

Para a Ferrari, se o terceiro lugar do alemão Sebastian Vettel é positivo, já a diferença (0,763”) de tempo para Lewis Hamilton é significativa e deve ser uma preocupação para os responsáveis de Maranello, que viram o monegasco Charles Leclerc não ir além do 10.º tempo, a mais de um segundo do campeão do mundo.

O francês Pierre Gasly (Red Bull/Honda), autor do quarto tempo, foi uma das surpresas de sessão, o mesmo sucedendo com o inglês de origem tailandesa Alexander Albon (Toro Rosso/Honda), que registou o quinto tempo, à frente de Max Verstappen.

Entre o holandês e o monegasco colocaram-se o dinamarquês Kevin Magnussen (Haas/Ferrari) e os pilotos dos Alfa Romeo/Ferrari, o italiano Antonio Giovinazzi e o finlandês Kimi Raikkonen.

Apesar de não ter feito qualquer volta lançada na primeira sessão, o espanhol Carlos Sainz (McLaren/Renault) acabou por registar o 13.º tempo, atrás do seu colega de equipa, o inglês Lando Norris, e ambos à frente dos dois carros da equipa oficial da marca francesa, que continua longe de concretizar, aqueles que eram os seus objectivos para este ano e como a qualidade dos pilotos não pode ser posta em causa, o problema, tal como sucede na Ferrari, estará na concepção do carro.

A qualificação para o GP de Mónaco tem lugar no sábado, sendo o dia de amanhã reservado às corridas de suporte do programa.

TEMPOS DOS TREINOS LIVRES

PILOTO CARRO MOTOR 1.º TREINO 2.º TREINO
Lewis Hamilton Mercedes W10 Mercedes 1’12,106″ 1’11,118”
Valtteri Bottas Mercedes W10 Mercedes 1’12,178″ 1’11,199″
Sebastian Vettel Ferrari SF90 Ferrari 1’13,170″ 1’11,881″
Pierre Gasly Red Bull RB15 Honda 1’13,170″ 1’11,938″
Alexander Albon Toro Rosso STR14 Honda 1’13,827″ 1’12,031″
Max Verstappen Red Bull RB15 Honda 1’12,165″ 1’12,052″
Kevin Magnussen Haas VF-19 Ferrari 1’13,232″ 1’12,174″
Antonio Giovinazzi Alfa Romeo C38 Ferrari 1’13,347″ 1’12,239″
Kimi Raikkonen Alfa Romeo C38 Ferrari 1’13,363″ 1’12,342″
Charles Leclerc Ferrari SF90 Ferrari 1’12,467″ 1’12,350″
Romain Grosjean Haas VF-19 Ferrari 1’13,379″ 1’12,392″
Lando Norris McLaren MCL34 Renault 1’14,278″ 1’12,393″
Carlos Sainz McLaren MCL34 Renault 2’00,670″ 1’12,419″
Danill Kvyat Toro Rosso STR14 Honda 1’13,731″ 1’12,577″
Sergio Perez Racing Point RP19 Mercedes 1’14,566″ 1’12,752″
Nico Hulkenberg Renault RS19 Renault 1’13,227″ 1’12,872″
Daniel Ricciardo Renault RS19 Renault 1’13,413″ 1’12,888”
Lance Stroll Racing Point RP19 Mercedes 1’16,135 1’14,558″
George Russell Williams FW 42 Mercedes 1’15,115″ 1’15,052″
Roberto Kubica Williams FW 42 Mercedes 1’15,514″ 1’15,146″

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: