Mercedes-Benz Ponton visita C. Santos da Boavista

Um modelo icónico num stand marcante. O showroom da Sociedade Comercial C. Santos na Boavista recebeu, este sábado, a visita de várias unidades do modelo Mercedes-Benz W120/W121, automóvel histórico que ficou conhecido como “Ponton”.

(auto.look2010@gmail.com)

Foram quatro os exemplares deste raro modelo que estacionou em frente ao stand da Sociedade Comercial C. Santos na Boavista, no Porto. A caravana dos Mercedes-Benz “Ponton” chegou àquele icónico espaço depois de um curto percurso junto ao mar, entre Leça da Palmeira e o stand da Sociedade Comercial C. Santos naquela zona da cidade do Porto.

Chegado aquele local sumptuoso da cidade invicta, o restrito grupo de apaixonados pela Mercedes-Benz e, em particular, pelo W120/W121, pôde conversar sobre este e outros modelos que marcam a história do automóvel.

Produzido entre 1953 e 1959, o Mercedes-Benz W120/W121 – que é visto como um dos antecessores do atual Classe E – foi o primeiro automóvel da marca com carroçaria “Ponton”. Este tipo de carroçaria começou a surgir no pós-Segunda Guerra Mundial e, ao contrário dos automóveis desenvolvidos até aí, caracteriza-se por algo que se mantém no design dos automóveis hoje em dia, com os guarda-lamas dianteiros visualmente contíguos ao capot.

Esta integração dos guarda-lamas é diferente do que acontecia na generalidade dos modelos do pré-guerra, em que este elemento está separado, sobre as rodas.

O Mercedes-Benz “Ponton” contou com várias motorizações, mas a mais reconhecida foi a 180 D. Montava o motor diesel OM 636 VII, um quatro cilindros em linha com 1767 cc e 40 cv de potência. O 180 D tinha caixa manual de quatro velocidades e tração às rodas traseiras. Das mais de 400 mil unidades do W120/W121 produzidas, cerca de 114 mil foram do 180 D.

MODELO HISTÓRICO, EM STAND ICÓNICO

«O Mercedes-Benz ‘Ponton’ marcou uma época para a marca. Em Portugal, foi de extrema importância para criar o capital de imagem de robustez e fiabilidade da Mercedes-Benz, dado que, entre as várias tipologias de clientes que serviu, foi usado como táxi por muitos profissionais que tiveram no modelo um excelente aliado para o seu trabalho», afirma o presidente do Mercedes-Benz Club Portugal, Manuel Neves.

«Reunir apaixonados por automóveis Mercedes-Benz é um gosto para nós. Sendo o W120/W121 um dos modelos com mais história para a marca em Portugal, o orgulho é redobrado», afirma, por sua vez, Aquiles pinto, relações públicas da Sociedade Comercial C. Santos.

O encontro terminou com um curto convívio ao ar livre entre os vários presentes no showroom da Boavista do concessionário Mercedes-Benz e smart. Com projecto da autoria do arquitecto Pádua Ramos, este emblemático stand da cidade do Porto foi inaugurado em 1990 e apresenta-se como um cartão-de-visita da Sociedade Comercial C. Santos.

Além disso, aquela zona da cidade do Porto tem um impacto especial em todos os apaixonados por automóveis, dado que foi “casa” do mítico Circuito da Boavista durante várias décadas do século XX e com reedições já neste século.

MERCEDES-BENZ CLUB PORTUGAL OFICIAL DA MARCA

O Mercedes-Benz Club Portugal foi criado em Junho de 2005 sob a designação “Amigos dos Mercedes” com o lançamento de um pequeno website e de um fórum de debate, sendo o primeiro grupo organizado dedicado à Mercedes-Benz a surgir no nosso país. Em Maio de 2009, foi acreditado pelo Mercedes-Benz Clubs Management como clube oficial da marca para Portugal.

SOCIEDADE COMERCIAL C. SANTOS NA VANGUARDA

Fundada em 1946, a Sociedade Comercial C. Santos tem instalações no Porto, Maia (Aeroporto) e Felgueiras. Um dos maiores concessionários Mercedes-Benz, smart e AMG em Portugal, a empresa comercializa viaturas e peças e presta serviço pós-venda a veículos ligeiros de passageiros, ligeiros de mercadorias e pesados de passageiros e de mercadorias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *