Meio segundo separa os dois primeiros nos Açores

Dani Sordo e Andreas Mikkelsen são dos galos para um único poleiro. A dupla passagem por Coroa da Mata, Feteiras e Sete Cidades vai ditar o triunfo na 55.ª edição do Azores Rally, com Ricardo Moura a registar o terceiro melhor tempo.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

Andreas Mikkelsen e Elliot Edmondson (Skoda Fabia Rally2)

A três especiais do final da 55.ª edição do Azores Rally, os dois primeiros, o espanhol Dani Sordo (Hyundai i20 R5) e o norueguês Andreas Mikkelsen (Skoda Fabia Rally2 Evo), estão separados por meio segundo, depois de uma manhã em que alternaram o comando.

O espanhol arrancou na frente, manteve a posição na Coroa da Mata, perdeu o comando na Feteiras, onde ficou a 1,9” do norueguês. Reduziu o atraso para um escasso 0,1 segundo nas Sete Cidades e regressou ao comando na Super Especial Grupo Marques.

Um cenário que deixa antever muita emoção na segunda passagem pelas classificativas da Coroa da Mata, Feteiras e Sete Cidades, com destaque para a última que, com os seus mais de 24 quilómetros, poderá ser decisiva.

E se a luta pela vitória está ao rubro, o mesmo sucede com o derradeiro lugar do pódio, com o açoriano Ricardo Moura (Skoda Fabia Rally2 Evo) a partir para a derradeira fase da prova com 14,3 segundos de vantagem sobre o espanhol Efrén Llarena (Skoda Fabia Rally2 Evo).

As restantes posições parecem definidas, face às diferenças existentes, com Luís Miguel Rego (Skoda Fabia Rally2 Evo), sétimo, e Rafael Botelho (Skoda Fabia R5), nono, a estarem a caminho de terminarem a prova no lote dos 10 primeiros.

Classificação após 10 especiais – 1.º, Dani Sordo/Candido Carrera (Hyundai i20 R5), 2.01’56,2”; 2.º, Andreas Mikkelsen/Elliot Edmondson (Skoda Fabia Rally2), a 0,5”; 3.º, Ricardo Moura/António Costa (Skoda Fabia Rally2), a 27,8”; 4.º, Efrén Llarena/Sara Fernandez (Skoda Fabia Rally2 Evo), a 14,3”; 5.º, Mikolaj Marczyk/Szymon Gospodarczk (Skoda Fabia Rally2 Evo), a 1’58,9”; 6.º, Umberto Scandola/Danilo Fappani (Hyundai i20 R5), a 3’20,3”; 7.º, Luís Miguel Rego/Jorge Henriques (Skoda Fabia Rally2 Evo), a 4’03,4”; 8.º, Benito Guerra/Daniel Cue (Skoda Fabia Raly Evo), a 4’56,8”. 9.º, Rafael Botelho/Rui Raimundo (Skoda Fabia R5), a 7.03,1”10.º, Javier Pardo/Adrian Perez (Suzuki Swift R4lly S), a 8’59,0”. Estão classificadas mais 14 equipas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *