Max Verstappen venceu e subiu à liderança

O neerlandês da (Red Bull/Honda) venceu hoje o Grande Prémio de Espanha de Fórmula 1, sexta prova do Mundial, e assumiu a liderança do campeonato do mundo. No traçado da Catalunha, o monegasco Charles Leclerc (Ferrari), anterior líder do campeonato, desistiu com problemas mecânicos à 27.ª volta.

PEDRO RORIZ E CARLOS SOUSA (auto.look2010@gmail.com)

Ao vencer o Grande Prémio de Espanha, naquela que é a sua quarta vitória em seis corridas efectuadas, o neerlandês Max Verstappen (Red Bull/Honda) ascendeu ao comando do campeonato, com seis pontos de avanço sobre o monegasco Charles Leclerc (Ferrari), que arrancou da “pole”, esteve no comando durante as primeiras voltas, mas foi forçado a desistir traído pela mecánica.

Com esta vitória, o campeão do mundo iguala o número de triunfos do argentino Juan Manuel Fangio e fica a uma vitória das registadas pelo inglés Jim Clark e pelo austríaco Niki Lauda.

Detentor da “pole”, Charles Leclerc assumiu o comando, à frente de Max Verstappen e de Carlos Sainz (Ferrari), enquanto, mais atrás um desentendimento entre o inglês Lewis Hamilton (Mercedes) e o dinamarqués Kevin Magnussen (Haas/Ferrari) obrigou o primeiro a ir às “boxes” trocar os pneus, caiu para o fundo do pelotão e colocava o segundo na gravilha.

Tirando partido da luta que Max Verstappen e o inglês George Russell (Mercedes) travaram, depois deste ter deixado o espanhol Carlos Sainz (Ferrari) para trás, o monegasco foi ficando cada vez mais isolado na frente, até que, na 27.ª volta, o motor ficou sem potência e foi forçado a abandonar

Nessa altura, foi a vez de George Russel ficar na frente, para depressa ser ultrapassado pelo mexicano Sergio Perez (Red Bull/Honda) com os dois a não resistirem à recuperação de Max Verstappen, ficando as posições do pódio definidas.

Atrasado em consequência do incidente na volta de abertura, Lewis Hamilton recuperou, até ao quarto lugar à frente de Carlos Sainz, mas acabaría por ser ultrapassado pelo espanhol e terminar em quinto.

O finlandés Valtteri Bottas (Alfa Romeo/Ferrari), que esteve envolto na luta pelo quarto lugar, terminou em sexto, à frente do francês Esteban Ocon (Alpine/Renault) e do inglês Lando Norris (McLaren/Mercedes).

Enquanto isso, o espanhol Fernando Alonso (Alpine/Renault) foi, tal como Lewis Hamilton, protagonista de uma excelente recuperação, que o levou da última posição da grelha ao nono lugar final, à frente do japonés Yuki Tsunoda (Alpha Tauri/Honda), que arrecadou o derradeiro ponto.

FICHA DA PROVA

Grande Prémio – Pirelli Gran Premio de España

Circuito – Circuit de Barcelona – Catalunya

Extensão – 308,424 km = 66 x 4,675 km

“Pole position” – Charles Leclerc (Ferrari F1-75/Ferrari), 1 volta (4,675 km), em 1’18,750” (213,714 km/h)

Grelha de partida1.ª linha: Charles Leclerc (Ferrari F1-75/Ferrari); Max Verstappen (Red Bull RB18/Honda); 2.ª linha: Carlos Sainz (Ferrari F1-75/Ferrari); George Russell (Mercedes W13/Mercedes); 3.ª linha: Sérgio Perez (Red Bull RB18/Honda); Lewis Hamilton (Mercedes W13/Mercedes); 4.ª linha: Valtteri Bottas (Alfa Romeo C42/Ferrari); Kevin Magnussen (Haas VF-22/Ferrari); 5.ª linha: Daniel Riccardo (McLaren MCL36/Mercedes); Mick Schumacher (Haas VF-22/Ferrari); 6.ª linha: Lando Norris (McLaren MCL36/Mercedes); Esteban Ocon (Alpine A522/Renault); 7.ª linha: Yuki Tsunuda (Alpha Tauri AT03/Honda); Pierre Gasly (Alpha Tauri AT03/Honda); 8.ª linha: Guanyu Zhou (Alfa Romeo C42/Ferrari); Sebastian Vettel (Aston Martin AMR22/Mercedes); 9.ª linha: Lance Stroll (Aston Martin AMR22/Mercedes); Alexander Albon (Williams FW44/Mercedes); 10.ª linha: Nicholas Latifi (Williams FW44/Mercedes); Fernando Alonso (Alpine A522/Renault)

Nota – Fernando Alonso partiu do fim da grelha por ter trocado de unidade motriz

Volta mais rápida – Sergio Perez (Red Bull RB18/Honda), 1 volta (4,675 km) em 1’24,108” (199,243 km/h)

Vencedor – Max Verstappen (Red Bull RB18/Honda), 66 voltas (308,424 km), em 1.37’20,475”

Classificação

POS. PILOTO CARRO MOTOR TEMPO
1.º Max Verstappen Red Bull RB18 Honda 1’37’20,475″
2.º Sergio Perez Red Bull RB18 Honda a 13,072″
3.º George Russell Mercedes W13 Mercedes a 32.927″
4.º Carlos Sainz Ferrari F1-75 Ferrari a 45,208″
5.º Lewis Hamilton Mercedes W13 Mercedes a 54,534″
6.º Valtteri Bottas Alfa Romeo C42 Ferrari a 59,976″
7.º Esteban Ocon Alpine A522 Ferrari a 1’15,397″
8.º Lando Norris McLaren MCL36 Mercedes a 1’23,235″
9.º Fernando Alonso Alpine A522 Renault a 1 volta
10.º Yuki Tsunoda Alpha Tauri AT03 Honda a 1 volta
11.º Sebastian Vettel Aston Martim AMR22 Mercedes a 1 volta
12.º Daniel Ricciardo McLaren MCL36 Mercedes a 1 volta
13.º Pierre Gasly Alpha Tauri AT03 Honda a 1 volta
14.º Mick Schumacher Haas VF-22 Ferrari a 1 volta
15.º Lance Stroll Aston Martim AMR22 Mercedes a 1 volta
16.º Nicholas Latifi Williams FW44 Mercedes a 2voltas
17.º Kevin Magnussen Haas VF-22 Ferrari a 2 voltas
18.º Alexander Albon Williams FW14 Mercedes a 2 voltas

CLASSIFICAÇÕES DOS CAMPEONATOS

PILOTOS – 1.º, Max Verstappen, 110 pontos; 2.º, Charles Leclerc, 104; 3.º, Sergio Perez, 85; 4.º, George Russell, 74; 5.º, Carlos Sainz, 65; 6.º, Lewis Hamilton, 49; 7.º, Lando Norris, 39; 8.º, Valtteri Bottas, 38; 9.º, Esteban Ocon, 30; 10.º, Kevin Magnussen, 15; 11.º, Daniel Riccardo, 11; 12.º, Yuki Tsunoda, 11; 13.º, Pierre Gasly, 6; 14.º, Sebastian Vettel, 4; 15.º, Fernando Alonso, 4; 16.º, Alexander Albon, 2; 17.º, Guaynu Zhou, 1; 18.º, Lance Stroll, 1

CONSTRUTORES – 1.º, Oracle Red Bull Racing, 195 pontos; 2.º, Scuderia Ferrari, 169; 3.º, Mercedes-AMG Petronas F1 Team, 120; 4.º, McLaren F1 Team, 50; 5.º, Alfa Romeo F1 Team Orlen, 39; 6.º, BWT Alpine F1 Team 34; 7.º, Scuderia AlphaTauri, 17; 8.º, Haas F1 Team, 15; 9.º, Aston Martin, 6; 10.º, Williams Racing, 2

Próxima prova – Grand Prix de Monaco, dia 29 de Maio, no Circuit de Monaco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.