Martim Marco no Algarve para disputar a Promo3

A terceira ronda do Campeonato Nacional de Velocidade de Motociclismo está agendada para hoje e amanhã, no Autódromo Internacional do Algarve, numa competição em que o piloto autolook.pt assume o natural favoritismo na categoria da Promo3.

CARLOS SOUSA (carlos.sousa@autolook.pt)

Depois de uma viagem relaxante de Coimbra para Portimão, o jovem piloto Martim Marco já está de “alma-e-coração” para mais um compromisso com a equipa Cuna de Campones/Alves Bandeira. Na “montanha russa” algarvia, o “foguete de Antanhol” vai procurar manter os índices de “diabrura” e acelerar para o triunfo na sua categoria, objectivo primordial na primeira visita do “Nacional” de Velocidade este ano no Autódromo Internacional do Algarve.

Depois de ter integrado os treinos privados ao longo de toda a manhã deste sábado, Martim Marco está motivado para dar o legítimo impulso do programa oficial com os treinos livres e cronometrados no período da tarde e as primeiras corridas do fim‑de‑semana.

«Estamos focados para corresponder às expectativas para que este fim-de-semana seja proveitoso a todos os níveis. Os resultados positivos registados no pretérito fim-de-semana em Espanha servem de motivação extra para disputar mais um compromisso produtivo com as cores da Cuna de Campeones/Alves Bandeira, e é com esse espírito que nos sentimos patenteados», sublinhou Martim Marco.

Com apenas 12 anos de idade, o “foguete de Antanhol” esteve a semana passada no traçado da Catalunha, em Barcelona, onde disputou quatro corridas integradas no Campeonato de Espanha de Superbike (ESBK) com pilotos de várias nacionalidades.

O campeão nacional em título de Moto5 e vice-campeão da Cuna de Campeones na mesma categoria, revelou, ao longo do fim-de-semana, um ritmo apurado e consistente, conseguindo qualificar-se com o 5.º lugar à geral na prova de Promo3 e terceiro na Cuna de Campeones. No final das corridas, Martim Marco, bastante confiante como  seu apanágio, baixou o tempo por volta e terminar na terceira posição no cômputo geral e segundo na Cuna de Campeones.

Dois pódios “fabricados” na raça e determinação de um jovem piloto alicerçado pela família e que tem nos parceiros as paredes de um projecto de betão – Alves Bandeira é o mais recente e oferece o nome à equipa –, que lhe tem proporcionado excelentes resultados e uma carreira promissora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *