Mário Silva integra a Direcção da FPAK

A Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting, conduzida por Ni Amorim, vai ser composta por mais um elemento directivo. Trata-se de Mário Silva, um nome que dispensa apresentações e que vai preencher a vaga deixada por Camilo Figueiredo devido a renúncia ao mandato.

(auto.look2010@gmail.com)

“Rei morto, rei posto”. A equipa da Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting (FPAK) já encontrou o substituto para a renúncia de Camilo Figueiredo no elenco directivo. Em comunicado, a estrutura federativa, liderada por Ni Amorim, emitiu um comunicado a anunciar a substituição.

«Na sequência da já anunciada renúncia ao mandato de Camilo Figueiredo e da consequente vaga na Direcção, é com grato prazer que anunciamos que Mário Silva aceitou o convite que lhe foi endereçado pelo presidente da FPAK, Ni Amorim, após ouvida a Mesa da Assembleia Geral, para preencher a referida vaga até ao termo do respectivo mandato», pode ler-se na nota emitida.

Decerto que Mário Silva, que dispensa apresentações, não só pelo seu riquíssimo palmarés desportivo em diferentes disciplinas, como também pelo seu profundo conhecimento da modalidade, dará um importante contributo para o desenvolvimento da nossa Federação e para o progresso do automobilismo nacional», adianta o comunicado.

De acordo com as disposições estatutárias, «esta escolha do presidente da Direcção será levada à apreciação da próxima Assembleia Geral Ordinária, que se realizará em Novembro», lê-se na nota de imprensa.

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação