Mário Patrão com fôlego voltou a subir posições

O campeão nacional de Rally Raid, Mário Patrão, voltou a subir na tabela classificativa, ao registar o quinto melhor tempo da classe “Original by Motul” na terceira especial da 44.ª edição do Rali Dakar que se disputou em redor de Al Qaisumah, na Arábia Saudita.

(auto.look2010@gmail.com)

Com este resultado o piloto apoiado pelo Crédito Agrícola ascende mais três posições na geral da respectiva categoria, destinada aos pilotos que não recebem assistência externa, onde ocupa o 17.º lugar. O piloto também patrocinado pela Lusíadas Saúde concluiu o percurso da jornada desta terça-feira, com 255 km cronometrados, em 3h04m41s, demonstrando um andamento consistente que lhe permitiu subir também mais sete posições na classificação geral moto.

A etapa revelou-se novamente bastante exigente ao nível da navegação, num dia em que o piloto da Bahco destacou que está «satisfeito com a especial». «Consegui subir bastantes lugares, é esse o meu objectivo primordial. As pistas desta terça-feira eram bastante rápidas, e com regos bastante fundos o que imperava prudência e controlo na navegação. Correu tudo como queria, a moto tem estado à altura, e as revisões que tenho feito têm-se mostrado de uma importância extrema. Espero que assim continue», assume Mário Patrão.

Esta quarta-feira, o piloto de Seia, que conta também com o apoio do Hotel Abrigo da Montanha, vai disputar a quarta etapa do Rali Dakar 2022, a mais longa da prova deste ano que, num total de 707 km, conduzirá a comitiva ao longo de 465 km cronometrados de Al Qaisumah, a sul, rumo à capital Riyadh. Esta especial terá de tudo: uma secção de pistas rápidas de quase 200 km, uma parte central com cadeias de dunas de tamanhos variados e um final rochoso, em que os pilotos terão de cruzar um “wadi” após o outro. Esta será uma das etapas de maior resistência da primeira semana.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.