Mario Isola: “Apenas três cores de pneus na Fórmula 1”

Director da Pirelli sublinhou ainda que as equipas tentam gerir o ritmo de corrida para aumentar o número de paragens.

CARLOS SOUSA (carlos.sousa@autolook.pt)

Os cinco compostos do P Zero vão ser contemplados nos testes deste ano, mas apenas em três cores. Para ajudar a distingui-los, os pneus mais duros e mais macios, que vão estar disponíveis, não vão ter listras nas paredes laterais.

Para Mario Isola, director da Pirelli, «normalmente, só vamos ter a oportunidade de ver três cores em todas as corridas, então iremos usar também três cores no decorrer dos testes. Mas nós queremos certificar-nos de que as pessoas possam distinguir os compostos».

Mario Isola

O responsável afirmou, por outro lado, que as alterações nos pneus não são suficientes para que as corridas da Fórmula 1 tenham mais acção: «Se falarmos sobre as corridas do ano passado, sabemos que a esmagadora maioria foram somente de uma paragem».

«As equipas têm uma abordagem diferente. Naturalmente que tentam gerir o ritmo da corrida em vez de forçar e aumentar o número de paragens porque, depois, voltam ao tráfego e têm que ultrapassar – isto é mais difícil, por isso, têm uma abordagem diferente. Neste ponto, e também conversando com os pilotos, dissemos que, se formos mais macios e flexíveis (com o pneu), o resultado é que eles apenas gerem o ritmo, fica é inútil, temos que encontrar outro caminho», sublinhou Mario Isola.

Refira-se que a pré-temporada da Fórmula 1, já com os pneus novos da Pirelli, inicia-se a 18 de Fevereiro, com as duas semanas de actividade a ter lugar na capital catalã, em Barcelona.

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação