Mais de 70 equipas à partida do Rali da Bairrada

Com organização do Clube Automóvel do Centro, o Rali da Bairrada vai para a estrada este domingo, com 72 equipas a alinhar à partida, numa prova centrada em Vagos e a marcar a ronda de abertura do Campeonato Centro de Ralis.

(auto.look2010@gmail.com)

É enorme a expectativa em redor da segunda edição do Rali da Bairrada que, este domingo, está na estrada com 72 equipas – apenas uma faltou à chamada –, com o primeiro concorrente a abrir as “hostilidades” às 10h43 para abordar a especial de Boco, a primeira do dia. Essa responsabilidade está entregue à dupla anfitriã, nomeadamente Nuno Mateus e Paulo Pimentel que, aos comandos de um Mitsubishi Lancer Evo VI, vai procurar marcar a cadencia e chegar ao topo da classificação geral.

O Rali da Bairrada de 2021 apresenta-se compacto quanto possível, tendo a seu favor o facto de se disputar numa região de grande beleza, intimamente ligada ao centro do país e enquadrada no cordão litoral de um território fortemente industrializado.

Apesar de estarmos perante a segunda edição, a prova do Clube Automóvel do Centro, organizada em conjunto pela Câmara Municipal de Vagos e promovida pela Promolafões, já abriu os alicerces para construir história e juntar ao prestígio de uma região de elevada sensibilidade ambiental, nomeadamente a extensa frente de praia da Vagueira.

O Rali da Bairrada, facilmente acessível aos muitos entusiastas da modalidade, conta com duas equipas espanholas que pretendem intrometer-se com as cerca de sete dezenas de formações portuguesas na luta pelos melhores lugares da pauta classificativa.

A entidade organizadora optou por manter praticamente inalterado para a edição de 2021 o essencial da estrutura da prova, conferindo-lhe o cunho de soberania. As excelentes condições do Pavilhão Gimnodesportivo Dr. João Rocha, bem como os espaços circundantes, em Vagos, foi o local escolhido para acolher o posto de comando do evento, a generalidade das partidas e chegadas das etapas e parque de assistência. Já o parque fechado terá como pano de fundo o belíssimo cenário e muito evocativo relvado da Quinta do Ega, refrescado pelo rio Boco.

O dia de sábado esteve reservado aos habituais reconhecimentos das especiais, desenvolvidas  entre as 8h00 e as 18h00, com as verificações administrativas e técnicas a terem lugar entre as 8h00 e as 22h00 e das 8h30 às 22h30, respectivamente. Para hoje, domingo, a partida está agendada para as 10h00, junto ao Tribunal Judicial de Vagos, contemplando dupla passagem pelas especiais de Boco (8,24 km) 10h43 e 14h03; Santo André (11,22 km) 11h21 e 14h41; e Vagos/ZIV (10,52 km) 12h04 e 15h24. A chegada está agendada para o Museu de Brincar (16h19).

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *