Loeb no WRC à “boleia” da Hyundai

Piloto francês, nove vezes campeão mundial de ralis, vai disputar seis das 14 provas do Campeonato do Mundo de 2019, ao assinar contrato por duas temporadas com a Hyundai, anunciou hoje a marca sul-coreana.

(auto.look2010@gmail.com)

Sébastien Loeb e Dani Sordo

«A vitória no Rali de Espanha este ano recuperou o meu desejo de continuar a competir no Mundial de Ralis. Juntarmo-nos à Hyundai representa um novo desafio, que mal posso esperar para abraçar. Fiquei impressionado com a abordagem da equipa e com a vontade de vencer», afirmou Sébastien Loeb.

O piloto francês, de 44 anos, campeão do mundo de ralis, consecutivamente, entre 2004 e 2012, vai pilotar o Hyundai i20 Coupé WRC, ao lado do co-piloto de sempre, Daniel Elena, já na prova de abertura do campeonato do próximo ano, em Monte Carlo, entre 25 e 27 de Janeiro.

«Estiveram na luta pelo título este ano e acreditam que eu posso acrescentar algo mais. O Huyndai i20 Coupé WRC é um carro vencedor com provas dadas», sublinhou o piloto francês, que soma 79 vitórias no Mundial, a última das quais este ano, no Rali de Espanha, uma das três jornadas do Mundial em que participou, com um Citroën C3 WRC oficial.

Fonte oficial da Hyundai confirmou que a participação de Sébastien Loeb no campeonato de 2019 «será decidida prova a prova», estando já confirmadas as presenças em Monte Carlo e na Suécia, entre 15 e 17 de Fevereiro, estando ainda em dúvida a presença no Vodafone Rali de Portugal, de 30 de Maio a 2 de Junho.

Dani Sordo

A presença em Monte Carlo não invalida a participação na próxima edição do Rali Dakar, no Peru, de 6 a 17 de Janeiro. Termina uma semana antes e «dá tempo para regressar à Europa, testar e participar em Monte Carlo», explicou a equipa.

Sébastien Loeb junta-se ao belga Thierry Neuville e ao norueguês Andreas Mikkelsen, que serão os titulares, partilhando o terceiro carro com o espanhol Dani Sordo, que irá disputar as restantes oito provas do Mundial de 2019 e fará a estreia no Rali do México, de 8 a 10 de Março. Será o reeditar de uma dupla que correu pela Citroën entre 2007 e 2010.

«O anúncio da contratação do Sébastien Loeb é muito importante para a Hyundai e estamos muito felizes por termos conseguido assinar por dois anos», sublinhou o director da formação sul-coreana, o monegasco Michel Nandan.

Sébastien Loeb deixou de participar no Mundial de Ralis a tempo inteiro a partir de 2013, ano em que ainda venceu duas provas (Monte Carlo e Argentina). Depois disso, competiu no Mundial de Carros de Turismo (WTCC) – tendo conseguido o terceiro lugar como melhor resultado do campeonato – e, nos últimos três anos, no Mundial de Ralicross, pela Peugeot, que se retirou oficialmente no final desta temporada, tendo como melhor resultado o quarto posto final.

O piloto francês também participou no Rali Dakar três anos com um Peugeot oficial, preparando-se para voltar à maratona de todo-o-terreno em 2019 com um carro privado, depois do abandono da marca francesa, que deixou o piloto natural da Alsácia sem contrato

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação