LIQUI MOLY patrocinador principal da IntactGP

Equipa de Moto2 passa a exibir as cores da LIQUI MOLY. A marca alemã reforça o seu compromisso no mundial de velocidade à “boleia” da IntactGP.

(auto.look2010@gmail.com)

A LIQUI MOLY reforça o seu compromisso na IntactGP e torna-se patrocinador principal da equipa de Moto2 da região do Allgäu. No próximo ano, entrará no mundial de velocidade de motociclismo como “LIQUI MOLY IntactGP”. Ernst Prost, director da LIQUI MOLY, afirmou que «está a ser desenvolvido uma colaboração bem-sucedida e a aumentar a visibilidade da nossa marca».

A LIQUI MOLY antecipou-se e prolongou o contrato com a IntactGP em três anos, cimentando a colaboração até finais de 2022. Depois da pausa de Inverno, “LIQUI MOLY IntactGP” vai estar nas motos e fatos dos pilotos.

Refira-se que a IntactGP teve uma temporada coroada de êxito: Tom Lüthi ficou na terceira posição da classificação geral em Moto2, sendo que, na classificação por equipas, Tom Lüthi e Marcel Schrötter até conseguiram o segundo lugar. No próximo ano, os dois pilotos regressam às pistas. As expectativas estão igualmente altas na próxima temporada.

Desde 2013 que a LIQUI MOLY é o patrocinador premium da equipa: «Na altura, era também uma forma de tornar a nossa gama de motociclos mais conhecida. Muita gente conhecia os nossos óleos e aditivos para automóveis. Mas o facto de termos uma gama de produtos independente especialmente concebida para motociclos não era tão conhecido na altura», sublinha Ernst Prost.

«A colaboração com a equipa foi apenas o primeiro passo. Ao longo dos anos, acrescentámos faixas publicitárias nas pistas. O MotoGP é fascinante para um número surpreendente de pessoas, no local e à frente dos ecrãs», afirma Peter Baumann, director de marketing na LIQUI MOLY.

«Tem um alcance difícil de encontrar em termos publicitários. Além disso, todas as motos de Moto2 e Moto3 usam exclusivamente óleo LIQUI MOLY no motor. Tudo isto deu um enorme impulso à visibilidade da nossa marca – e não só junto dos fãs de motos. Vamos agora acelerar ainda mais», finalizou Ernst Prost.

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação