Lewis Hamilton foi o mais rápido no “sol poente”

Piloto inglês da Mercedes voltou a ser o mais rápido da segunda sessão de treinos livres para o GP da Arábia Saudita, utilizando para o efeito pneus médios para rodar em 1m29,018s. Já o colega Valtteri Bottas, segundo, ficou a 0.061s do melhor registo. A sessão ficou marcada pelo grave acidente de Charles Leclerc.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

Uma violenta saída de pista do monegasco Charles Leclerc (Ferrari), que deixou o carro em bastante mau estado, levou ao final da sessão cinco minuto antes da hora marcada. O facto do relógio não parar e haver a necessidade de reparar os muros de protecção, onde o carro da fábrica de Maranello bateu, levou à decisão de dar por concluída a segunda sessão de treinos livres.

Mais rápido na sessão de abertura, Lewis Hamilton (Mercedes) voltou a colocar-se no topo da tabela de tempos, agora secundado pelo seu colega de equipa, Valtteri Bottas (Mercedes) e do francês Pierre Gasly (Alpha Tauri/Honda), mostrando-se muito à vontade no traçado saudita, o que não pode deixar de preocupar os homens da Red Bull.

O neerlandês Max Verstappen (Red Bull/Honda) registou o quarto tempo, mas viu a diferença para Lewis Hamilton subir de 0,056” para 0,195”, o que vai obrigar a um intenso trabalho nocturna na fábrica para encontrar maneira de tentar neutralizar a vantagem com que a Mercedes terminou o primeiro dia da prova saudita.

Pierre Gasly voltou a estar em destaque só tendo sido batido pelos “Mercedes boys”, o que o torna um potencial candidato a um dos lugares das primeiras linhas da grelha.

Bom resultado da Alpine, com a marca francesa a ver os seus os dois pilotos secundarem Max Verstappen, com espanhol (Alpine/Renault) a bater o francês Esteban Ocon (Alpine/Renault).

A Ferrari juntou-se à Mercedes, Alpha Tauri, Red Bull e Alpine, no lote de equipas que colocaram os dois carros, com espanhol Carlos Sainz (Ferrari) a registar o sétimo tempo e o monegasco Charles Leclerc (Ferrari), o décimo, apesar do despiste, voltando a marca italiana a superiorizar-se à McLaren, com o japonês Yuki Tsunoda (Alpha Tauri/Honda) e o mexicano Sergio Perez (Red Bull/Honda) a ficarem a separar os dois homens da marca italiana.

TEMPOS DOS TREINOS

PILOTO CARRO MOTOR 1.º TREINO 2.º TREINO
Lewis Hamilton Mercedes W12 Mercedes 1’29,786″ 1’29,018″
Valtteri Bottas Mercedes W12 Mercedes 1’30,009″ 1’29,079″
Pierre Gasly Alpha Tauri AT02 Honda 1’30,263″ 1’29,099″
Max Verstappen Red Bull RB16B Honda 1’29,842″ 1’29,213″
Fernando Alonso Alpine A521 Renault 1’30,842″ 1’29,441″
Esteban Ocon Alpine A521 Renault 1’31,023″ 1’29,555″
Carlos Sainz Ferrari SF21 Ferrari 1’30,564″ 1’29,589″
Yuki Tsunoda Alpha Tauri AT02 Honda 1’31,099″ 1’29,597″
Sergio Perez Red Bull RB16B Honda 1’30,960″ 1’29,768″
Charles Leclerc Ferrari SF21 Ferrari 1’30,600″ 1’29,772″
Daniel Ricciardo McLaren MCL35 Mercedes 1’30,608″ 1’29,968″
Lando Norris McLaren MCL35 Mercedes 1’31,029″ 1’30,004″
Antonio Giovinazzi Alfa Romeo C41 Ferrari 1’30,318″ 1’30,110″
Kimi Raikkonen Alfa Romeo C41 Ferrari 1’31,296″ 1’30,276″
Lance Stroll Aston Martin AMR21 Mercedes 1’31,044″ 1’30,442″
Sebastian Vettel Aston Martin AMR21 Mercedes 1’30,886″ 1’30,502″
George Russell Williams FW 43B Mercedes 1’31,343″ 1’30,506″
Mick Schumacher Haas VF-21 Ferrari 1’31,525″ 1’30,652″
Nicholas Latifi Williams FW 43B Mercedes 1’31,821″ 1’31,039″
Nikita Mazepin Haas VF-21 Ferrari 1’33,464″ 1’31,629″

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.