Lewis Hamilton conquista 99.ª “pole” em Imola

O piloto britânico da Mercedes foi o mais rápido na sessão de qualificação para o Grande Prémio Emilia Romagna, em Itália, batendo o mexicano Sérgio Perez e o holandês Max Verstappen, ambos em Red Bull.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

Lewis Hamilton

Batido pelo holandês Max Verstappen (Red Bull/Honda), no Bahrain, o inglês Lewis Hamilton “vingou-se”, em Imola, e alinha pela 99.ª vez da “pole position”, depois de ter dominado a qualificação. Ao seu lado, ao contrário do que se esperava, não estará o holandês , mas sim o seu companheiro de equipa, o mexicano Sérgio Perez (Red Bull/Honda) que vai arrancar pela primeira da primeira linha da grelha, naquele que é o seu 193.º Grande Prémio.

O segundo lugar de Sérgio Perez, que relegou Max Verstappen para a segunda linha, tendo a seu lado o monegasco Charles Leclerc (Ferrari), é uma boa indicação da sua rápida adaptação ao RB16B e dá à Red Bull a possibilidade de montar uma estratégia para, amanhã, derrotar a Mercedes, por ter os seus pilotos juntos, enquanto o finlandês Valtteri Bottas (Mercedes) só vai sair de oitavo.

Sergio Perez

Entre Charles Leclerc, desejoso de provocar uma surpresa, e Valtteri Bottas colocaram-se o francês Pierre Gasly (Alpha Tauri/Honda), o australiano Daniel Riccardo (McLaren/Mercedes) e o inglês Lando Norris (McLaren/Mercedes), que podia ter sido um surpreendente segundo, fruto da evolução que o carro conheceu de um dia para o outro, caso o seu tempo não tivesse sido anulado, por ter excedido os limites da pista.

O francês Esteban Ocon (Alpine/Renault) e o canadiano Lance Stroll (Aston Martin/Mercedes) completaram o lote de pilotos que chegaram à Q3, com o canadiano a não sair para a pista, na derradeira fase da qualificação.

Max Verstappen

Na Q1, interrompida, logo no início, em consequência da saída de pista do japonês Yuki Tsunoda (Alpha Tauri/Honda), que foi relegado para o derradeiro lugar da grelha, a surpresa veio do facto dos dois Williams ter entrado na Q2, com o canadiano Nicolas Latifi (Williams/Mercedes) a ser mais rápido que o inglês George Russell (Williams/Mercedes).

Mas as surpresas continuaram na Q2, uma vez que George Russell garantiu a 12.ª posição da grelha, atrás do espanhol Carlos Sainz (Ferrari), afastado da Q3 por 0,061”, mas à frente dos campeões do mundo Sebastian Vettel (Aston Martin/Mercedes) e Fernando Alonso (Alpine/Renault) que foi, ainda, batido por Nicolas Latifi. Sem surpresa os Alfa Romeo e os Haas não passaram a Q1.

De referir que antes do arranque da qualificação foi respeitado um minuto de silêncio em memória do príncipe Filipe de Edinburgh, cujo funeral decorreu esta tarde.

GRELHA DA PARTIDA

Lewis Hamilton  
Mercedes W12/Mercedes  
1’14,411″  
  Sergio Perez
  Red Bull RB 16B/Honda
  1’14,446″
Max Verstappen  
Red Bull 16B/Honda  
1’14,498″  
  Charles Leclerc
  Ferrari SF21/Ferrari
  1’14,740″
Pierre Gasly  
Alpha Tauri AT02/Honda  
1’14,790″  
  Daniel Riccardo
  McLaren MCL35M/Mercedes
  1’14,826″
Lando Norris  
McLaren MCL35M/Mercedes  
1’14,875″  
  Valtteri Bottas
  Mercedes W12/Mercedes
  1’14,898″
Esteban Ocon  
Alpine A521/Renault  
1’15,210″  
  Lance Stroll
  Aston MartinAMR21/Mercedes
  sem tempos
Carlos Sainz  
Ferrari SF21/Ferrari  
1’15,199″  
  George Russell
  Williams FW43B/Mercedes
  1’15,2612
Sebastian Vettel  
Aston Martin AMR21/Mercedes  
1’15,394″;  
  Nicola Latifi
  Wiliams FW43B/Mercedes
  1’15,593″
Fernando Alonso  
Alpine A521/Renault  
1’15,593″  
  Kimi Raikkkonen
  Alfa Romeo C41/Ferrari
  1’15,974″
Antonio Giovinazzi  
Alfa Romeo C41/Ferrari  
1’30,708″  
  Mick Schumacher
  Haas VF-21/Ferrari
  1’32.449″
Nikita Mazepin  
Haas VF-21/Ferrari)  
1’33.,273″  
  Yuki Tsunoda
  Alpha Tauri AT02/Honda
  sem tempo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *