Leclerc e Sainz terão de apanhar Verstappen

Piloto neerlandês (Red Bull) venceu este sábado “Sprint Race” (corrida de qualificação) do Grande Prémio da Áustria de Fórmula 1 e conquistou, assim, a “pole position” para a corrida deste domingo.

(auto.look2010@gmail.com)

Charles Leclerc

Max Verstappen, que partiu do primeiro lugar da grelha para esta corrida de qualificação, de apenas 23 voltas (100 quilómetros), liderou do princípio ao fim, cortando a meta com o tempo de 26m30,059s. O monegasco Charles Leclerc (Ferrari) foi o segundo classificado, a 1,675 segundos, enquanto o espanhol Carlos Sainz (Ferrari) foi terceiro, a 5,644.

Com estes resultados, Max Verstappen alargou ainda mais a vantagem na frente do Mundial de Pilotos, chegando aos 189 pontos, contra os 151 do mexicano Sérgio Pérez (Red Bull), quinto classificado na pista que é propriedade da própria Red Bull.

Max Verstappen ainda sofreu alguma pressão inicial de Carlos Sainz, que partiu ao seu lado da grelha, mas o piloto espanhol envolveu-se, depois, numa luta intensa com o seu companheiro de equipa, que permitiu ao neerlandês ganhar três segundos de vantagem e controlar a corrida até final.

Carlos Sainz

Já Carlos Sainz, viu-se ultrapassado por Charles Leclerc e não conseguiu recuperar o segundo lugar: «Tive um bom arranque. Foi divertido, mas depois sobreaqueci os pneus ao ir atrás do Charles e tive de recuar. Temos de melhorar o ritmo para este domingo», sublinhou o espanhol.

Charles Leclerc e Carlos Sainz terão de se entender para perseguir Max Verstappen na corrida deste domingo, que terá 71 voltas: «Trabalhar em conjunto? Espero bem que sim», sublinhou o monegasco, nas entrevistas após a corrida.

Já Max Verstappen, que venceu na pista austríaca pela terceira vez consecutiva (vencera as duas corridas ali disputadas em 2021), espera «uma corrida difícil». «Para este domingo, espero uma batalha interessante outra vez. Será mais difícil para os pneus. Estarmos bastante competitivos este fim de semana», sublinhou.

O GP da Áustria de Fórmula 1 é a 11.ª prova da temporada e a segunda com uma “Sprint Race” de qualificação, depois do GP de Imola, cuja “pole” também foi conquistada por Max Verstappen. Esta é a terceira “pole position” da temporada para o piloto holandês, 16.ª da carreira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.