KTM na frente para o GP da Estíria

Num dia foi histórico para a marca austríaca que conseguiu uma “pole position” pela primeira vez na principal categoria do motociclismo de velocidade, pelo espanhol Pol Espargaró, o português Miguel Oliveira parer da sétima posição da grelha para o Grande Prémio da Estíria, no Red Bull Ring, em Spielberg.

PEDRO RORIZ (auto.look2010@gmail.com)

O espanhol Pol Espargaro (KTM) assegurou a sua primeira “pole” em MotoGP e colocou a moto da marca da casa na frente de uma grelha de partida, cujas primeiras seis posições são ocupadas, por motos de outras tantas marcas.

Foi por escassos 0,022” que o espanhol bateu o japonês Takaaki Nakagami (Honda), que volta a colocar um piloto do país do sol nascente na primeira linha da grelha, o que não sucedia desde o GP da Austrália de 2006, quando Shinya Nakano, o conseguiu.

Terceiro na qualificação, o francês Johann Zarco (Ducati), que vai partir da via das “boxes”, por decisão do Colégio de Comissários, depois do acidente que protagonizou, no passado domingo, com o italiano Franco Morbidelli (Yamaha), permitiu ao o espanhol Joan Mir (Suzuki) a completar a primeira linha da grelha, apesar do piloto queixar-se de dores no ombro direito, em consequência da queda dada na terceira sessão de treinos livres.

Sétimo, no conjunto das três sessões de treinos livres, o português Miguel Oliveira (KTM) abre a terceira linha da grelha, depois de ter sido oitavo na qualificação, a 0,217” do tempo de Pol Espargaro, mas beneficiando da penalização de Johann Zarco.

O italiano Fábio Quartararo (Yamaha), comandante do campeonato, vai partir da nona posição da grelha, com o italiano Andrea Dovizioso (Ducati) a separá-lo de Miguel Oliveira.

O espanhol Aron Canet (Speed Up) garantiu a “pole” para a corrida de Moto2 ao conseguir bater o “batalhão” de Kalex, marca que tem dominado a categoria.

Aron Canet bateu o seu compatriota Jorge Martin (Kalex) por 0,118”, com o japonês Tetsuta Nagashima (Kalex) a averbar o terceiro tempo, numa qualificação em que o suíço Thomas Luthi (Kalex) e o espanhol Hector Garzo (Kalex) fizeram o mesmo tempo (1’29,241”, mas com vantagem do suíço que alcançou antes do seu adversário.

O argentino Gabriel Rodrigo (Honda) assegurou a “pole position” para a corrida de Moto3, ao ser 0,012” mais rápido que o espanhol Raul Fernandez (KTM), depois do italiano Celestino Vietti (KTM), que tinha sido o mais rápido na primeira sessão de treinos livres, ocupar o topo da tabela de tempos, no conjunto das três sessões de treinos livres.

O japonês Tatsuki Suzuki (Honda) completa a primeira linha da grelha, enquanto o espanhol Albert Arenas (KTM), que comando o campeonato vai sair da nona posição.

GRELHAS DE PARTIDA

MotoGP1.ª linha: Pol Espargaro (KTM), 1’23,580”; Takaaki Nakagami (Honda), 1’23,602”; Joan Mir (Suzuki), 1’23,678”; 2.ª linha: Jack Miller (Ducati), 1’23,700”; Maverick Viñales (Yamaha), 1’23,778”; Alex Rins (Suzuki), 1’23,782”; 3.ª linha: Miguel Oliveira (KTM), 1’23,797”; Andrea Dovizioso (Ducati), 1’23,849; Fabio Quartararo (Yamaha), 1’23,866”. Alinham mais 13 pilotos

Moto21.ª linha: Aron Canet (Speed Up), 1’28,787”; Jorge Martin (Kalex), 1’28,905”; Tetsuta Nagashima (Kalex), 1’29,157”; 2.ª linha: Augusto Fernandez (Kalex), 1’29,168”; Marco Bezzecchi (Kalex), 1’29,177”; Remy Gardner (Kalex), 1’29,190”; 3.ª linha: Thomas Luthi (Kalex), 1’29,241”; Hector Garzo (Kalex), 1’29,241”; Jorge Navarro (Speed Up), 1’29,253”. Alinham mais 21 pilotos

Moto3 – 1.ª linha: Gabriel Rodrigo (Honda), 1’36,470”; Raul Fernandez (KTM), 1’36,482”; Tatsuki Suzuki (Honda), 1’36,534”; 2.ª linha: Tony Arbolino (Honda), 1’36,575; Celestino Vietti (KTM), 1’36,645”; John McPhee (Honda), 1’36,812”; 3.ª linha: Dennis Foggia (Honda), 1’36,965”; Ai Ogura (Honda), 1’37,029”; Albert Arenas (KTM), 1’37,072”. Alinham mais 21 pilotos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

%d bloggers like this: