“kiko” Maria inicia odisseia no PréMoto 3 espanhol

Pelo terceiro ano consecutivo, o vice-campeão nacional da categoria quer melhor que o 13.º lugar de 2018 entre os melhores jovens valores do motociclismo do país vizinho e espera tirar partido do facto de conhecer bem as pistas onde as provas se irão disputar.

(auto.look2010@gmail.com)

O jovem motociclista Francisco (“Kiko”) Maria iniciou esta quinta-feira, no circuito de Jerez de la Frontera, a sua terceira participação consecutiva no campeonato espanhol de velocidade, agora denominado ESBK – Campeonato de Espanha Cetelem de Superbike.

Depois de ter sido 13.º na edição do ano passado, o piloto volta a alinhar na disputada categoria de PréMoto 3, de que é vice-campeão português. Esta quinta-feira, primeiro de dois dias de treinos livres, Kiko Maria partiu com os olhos postos «num lugar no “top five” final» e o propósito de «terminar nos pontos o máximo de corridas» do calendário de sete provas da Real Federação Motociclista Espanhola (RFME), duas delas com dupla jornada.

ACELERAR PROCESSO DE FORMAÇÃO

Fruto de algumas alterações regulamentares que padronizaram as condições de participação no campeonato, com todos os concorrentes a serem obrigados a usar o mesmo motor Yamaha YZ 250F, de 250 centímetros cúbicos a quatro tempos, o piloto português do Moto Action Team apresentou-se com a mesma máquina, com chassis BeOn, que utilizará no Campeonato Nacional de Velocidade de PréMoto 3, cujo início ocorrerá no primeiro fim-de-semana de Maio.

Com isto, “Kiko” Maria, de 15 anos, espera “acelerar” o seu processo de formação e «traduzir em rendimento desportivo» a reedição da «óptima experiência que é fazer ao mesmo tempo o nosso campeonato e aquele que é, na actualidade, o campeonato nacional mais competitivo do mundo nesta categoria».

A prova inaugural terá uma corrida este sábado, a começar quando forem 16h15 em Portugal Continental, e outra no domingo, às 12h00. O jovem apoiado pela Galp e pela Berner estará inserido num grupo de 24 pilotos, porquanto a organização decidiu juntar em pista concorrentes das categorias PréMoto 3 (14 inscritos) e Promo 3 (10). Esta última constitui um degrau intermédio entre as categorias 85 GP/Moto 4 e PréMoto 3, com o qual a RFME pretende impulsionar o percurso formativo de jovens talentos.

 

VALORES ESPANHÓIS DE EXCELÊNCIA

NOS ESCALÕES DE FORMAÇÃO

A prova de abertura do ESBK terá seis corridas e nelas participarão, no total, mais de 160 de pilotos, de cerca de três dezenas de nacionalidades. Doze deles integram a representação de Portugal e dois deles estão na mesma categoria de “Kiko” Maria. É que aos inscritos em PréMoto 3 e Promo 3, os únicos a ter dupla jornada, juntar-se-ão aqueles que disputarão as outras quatro corridas do programa, distribuídos por quatro grupos: Superbike/Open 1000, Supersport/Open 600, Superbike Junior e 85 GP/Moto 4.

“Kiko” Maria espera «duas corridas bem disputadas» e adversários «muito competitivos», em que avultam alguns dos melhores valores espanhóis dos escalões de formação. Com vitórias e títulos conquistados nos seus países, alinharão ainda três italianos, um finlandês, um canadiano e uma francesa. Mas, assinala, o piloto do Moto Action Team conhece «bem» a pista de Jerez – em 2018, competiu lá em duas ocasiões, para o campeonato de Espanha de PréMoto 3 e para a European Talent Cup – e está «confiante em fazer duas boas corridas».

Espera «acabar ambas e, se possível, entre os cinco primeiros», antecipa, o que, a concretizar-se, superará largamente o seu melhor resultado no país vizinho: o 10.º posto obtido em Aragão, em 2018, na corrida do campeonato espanhol de PréMoto 3.

JEREZ DE LA FRONTERA ABRE “HOSTILIDADES”

Do calendário do ESBK 2019 fazem parte sete provas, com nove corridas para os pilotos de PréMoto 3, com o circuito de Jerez de la Frontera a ser palco da abertura e do encerramento da temporada, em 2 e 3 de Novembro. Pelo meio, os jovens daquela que é considerada a antecâmara para o Mundial de Moto3 Júnior vão passar por Barcelona (25 e 26 de Maio), Valência (29 e 30 de Junho), Aragão (27 e 28 de Julho), Albacete (31 de Agosto e 1 de Setembro) e Navarra (5 e 6 de Outubro).

Nesta que é a sua quarta época desportiva – depois de em 2016, com 12 anos apenas, se ter estreado com um 3.º lugar, em Navarra, Espanha –, “Kiko” Maria fará 20 provas em oito circuitos, nos dois países ibéricos, onde disputará um total de 27 corridas.

As primeiras duas, no último fim-de-semana, pontuaram para a mais exigente competição em que o jovem piloto português está envolvido neste ano, a European Talent Cup, tendo rendido um 20.º e um 24.º lugar, entre 38 concorrentes.

O circuito de Jerez, na região espanhola de Andaluzia, tem 4.423 metros de comprimento e o seu traçado é um dos mais apreciados pelos motociclistas, por ser tecnicamente exigente e ter curvas para todos os gostos: 13, no total, sendo oito à direita e cinco à esquerda. Foi inaugurado em 1985 e passou a denominar-se circuito de Jerez Ángel Nieto em maio de 2018, em homenagem ao espanhol multicampeão do mundo falecido um ano antes, em consequência de um acidente de viação quando aos comandos de um quad.

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação