“Kiko” Maria implacável no ESBK de PréMoto 3

Vice-campeão nacional competiu no circuito de MotorLand, em Aragão, ainda fisicamente condicionado pela queda da passada semana, no Estoril, mas soube defender-se e fez uma prova “realista”, acabando por conseguir mais 11 pontos e saltar duas posições na tabela classificativa.

(auto.look2010@gmail.com)

O jovem motociclista português Francisco (“Kiko”) Maria obteve este domingo a sua melhor classificação de sempre numa prova do campeonato espanhol de velocidade de PréMoto 3, ao terminar em 5.º a sexta corrida da temporada de 2019, disputada no circuito de MotorLand, em Aragão.

O vice-campeão nacional da categoria, aos comandos da sua BeÓn com motor Yamaha 250 cc, teve uma boa partida, que o livrou das muitas quedas que deixaram vários participantes logo na primeira curva, e chegou a rodar em 4.º nas voltas iniciais. Contudo, abdicou de forçar o andamento, por não estar nas suas melhores condições físicas e anímicas para defender a posição, como reconheceu, fruto da queda que sofreu há uma semana, no Estoril, na última prova do Campeonato Nacional.

Disputadas que estão seis das nove corridas do agora denominado ESBK – Campeonato de Espanha Cetelem de Superbike, o piloto do Moto Action Team soma um 5.º e quatro 6.ºs lugares nesta sua segunda participação naquele que é considerado, no meio motociclístico, o campeonato nacional mais competitivo do mundo para jovens talentos. Só desistiu numa ocasião, devido a queda, na segunda corrida da época. Com os 11 pontos que arrecadou em Aragão, ascendeu à 6.ª posição da tabela classificativa.

“Kiko” Maria fez uma prova «para chegar ao fim», como assumiu, no final: «Uma semana depois de uma queda com as consequências físicas daquela que tive no Estoril, da qual ainda não estou totalmente restabelecido, alinhar aqui já foi uma vitória para mim», acrescentou o jovem piloto, que se apresentou com uma protecção especial no braço e na mão esquerdos.

Já nos treinos cronometrados, o piloto apoiado pela Galp e pela Berner tinha deixado perceber que “o realismo e a obtenção de pontos” seriam os seus principais objectivos tácticos para a corrida aragonesa: sem arriscar, como confessou, contentou-se com o 9.º tempo da “grelha” (2m08,577s), obtido na segunda sessão de treinos cronometrados, na tarde sábado, depois de uma diluviana primeira sessão, que a nenhum dos 22 pilotos do pelotão, que voltou a juntar as categorias de PréMoto 3 e Promo 3, aproveitou.

No final da jornada, o melhor mesmo, como reconheceu, foram os 11 pontos que amealhou. Subiu dois lugares na tabela classificativa e contabiliza agora 51 pontos.

«Nestas condições, ter chegado ao fim e pontuar foi excelente. Obrigado à equipa, que teve de trabalhar arduamente para eu poder competir, aos meus patrocinadores, à minha família e aos meus apoiantes e seguidores. Sem o vosso apoio e incentivo, tudo teria sido mais difícil. Obrigado!», declarou o jovem piloto português, que vai regressar ao ESBK a 31 de Agosto e 1 de Setembro, para a quinta prova do respectivo calendário, em Albacete.

A corrida foi ganha pelo regressado Hugo Millán Gracia, que cumpriu as 12 voltas ao circuito de MotorLand em 25m18,272s. O português foi 5.º e levou mais 31,533s, tendo conseguido o seu melhor tempo na 12.ª e última volta, ao ser cronometrado em 2m08,212s.

CLASSIFICAÇÕES

CORRIDA – 1.º Hugo Millán Gracia (Esp), 12 voltas, em 25m18,272s; 2.º Marco Morelli (Esp),

a 0,072s; 3.º David Real Perez (Esp), 0,365s; …; 5.º “Kiko” Maria (Por), a 31,533s.

(Classificaram-se mais seis pilotos).

CAMPEONATO ESBK DE PRÉMOTO 3 – 1.º David Real Perez (Esp), 121 pontos, 2.º Hugo

Millán Gracia (Esp), 95; 3.º Marco Morelli (Esp), 86; 4.º Lenni Klemetti (Fin), 74; 5.º Hector

Yeabra (Esp), 53; 6.º “Kiko” Maria (Por), 51. (Estão classificados mais 10 pilotos).

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação