“Kiko” Maria caiu na segunda corrida de PréMoto 3

Jovem piloto portuense não conseguiu repetir o bom resultado obtido no sábado, no arranque do campeonato espanhol de velocidade. Mesmo não dispondo de uma máquina com o motor deste ano, o vice-campeão nacional da categoria foi o 5.º piloto mais rápido em pista em todo o fim-de-semana.

(auto.look2010@gmail.com)

O jovem motociclista português Francisco “Kiko” Maria não foi feliz na segunda corrida da prova de abertura do campeonato espanhol de velocidade, categoria de PréMoto 3, que este domingo se disputou no circuito de Jerez de la Frontera Ángel Nieto. Uma queda, quando seguia colocado na 7.ª posição e estavam em pista 21 dos 23 concorrentes que formaram a grelha de partida, obrigou-o a desistir.

Sem a sorte pelo seu lado, o piloto do Moto Action Team deixou a Andaluzia com os 10 pontos correspondentes ao auspicioso 6.º lugar obtido na véspera, na corrida inaugural da edição de 2019 daquele que é considerado o mais importante campeonato nacional de velocidade a nível mundial, agora oficialmente denominado ESBK – Campeonato de Espanha Cetelem de Superbike.

A queda, felizmente, não teve consequência físicas para o jovem piloto, mas foi o suficiente para danificar a sua BeOn com motor Yamaha YZ 250F, impedindo-o de prosseguir em prova e consecutiva na competição, vista entre os adeptos da modalidade como antecâmara do Mundial de Moto3 Júnior.

«Deu para continuar a aprender e saber o que temos a fazer para, como a moto deste ano, podermos andar entre os mais rápidos. Estou convencido que isso vai acabar por acontecer. Vamos trabalhar para que seja já na próxima corrida, em Barcelona», comentou o jovem piloto.

Na verdade, mesmo não dispondo de uma máquina com as evoluções mais recentes do motor Yamaha fornecido a todos os concorrentes do campeonato de Espanha de PréMoto 3, o vice-campeão nacional da categoria foi o 5.º mais rápido em pista em todo o fim-de-semana. Fixou o seu melhor ‘crono’ na volta imediatamente anterior à desistência, ao percorrer os 4.423 metros da pista andaluza em 1m53,264s.

No sábado, quando rubricou a sua melhor classificação de sempre numa prova pontuável para o campeonato do país vizinho, ao cortar a meta na 6.ª posição, tinha sido cronometrado em 1m54,823s na sua volta mais rápida.

O espanhol Hugo Millán, autor da “pole position” e vencedor da primeira corrida, repetiu a vitória neste domingo, apresentando-se, desde já, como um dos grandes candidatos ao título. Gastou 24m10,194s nas 13 voltas à pista, quase nove segundos menos do que no seu triunfo inicial. No pódio estiveram ainda os seus compatriotas Davi Real, que reincidiu no 2.º posto, e Marco Morrelli, 3.º na segunda corrida, depois de na anterior ter sido forçado a desistir.

O pelotão integrou também os concorrentes da categoria Promo 3, tida como o degrau intermédio entre as categorias 85 GP/Moto 4 e PréMoto 3. Aqui, o mais rápido foi o também espanhol Oscar Almonacil, que terminou a 1m03,031s do seu colega equipa de Hugo Millán.

Esta foi a primeira das sete provas do calendário do ESBK 2019, com o circuito de Jerez de la Frontera a ser o único a acolher os concorrentes duas vezes. Depois da jornada de abertura, será palco da corrida de encerramento, em 2 e 3 de Novembro. A próxima decorrerá em Barcelona, em 25 e 26 de Maio.

Classificação da 2.ª corrida (PréMoto e Promo 3)

1.º Hugo Millán (Esp), 13 voltas em 24m10,194s; 2.º David Real (Esp), a 4,713s; 3.º Marco Morelli (Esp), a 4,843s; (…); 8.º e 1.º Promo 3 Oscar Almonacil (Esp), a 1m03,031s. (Classificaram-se mais 11 concorrentes das duas categorias).

Partilhe

Deixe um comentário

avatar
  Inscrever  
Notificação