Kika Henriques “apanhada” nas malhas da lama

A jovem da Lousã, que representa as cores da equipa Lousamotos, foi a única piloto da classe feminina a passar com distinção as dificuldades do traçado de Alqueidão, mas viu-se literalmente travada porque as motos das adversárias “esbarraram” na lama “rejeitaram” prosseguir…

CARLOS SOUSA (carlos.sousa@autolook.pt)

Há dias de manhã em que uma pessoa à tarde não pode sair à noite, nem voltar de madrugada. Na noite de sábado para domingo, e durante a madrugada, a chuva caiu incessantemente que, de manhã, a pista de motocross de Alqueidão ficou literalmente encharcada, com muita lama e, à tarde, muitos pilotos tomaram um “banho” de água fria.

A história conta-se muito rapidamente a troco de poucas palavras. A corrida feminina que integrava o programa da prova inaugural do Campeonato Nacional de Motocross prevista para alinhar com as motos clássicas. Contra todas as conjecturas, a chuva abundante que caiu toda a noite provocou um “oceano” de lama que deixou o traçado de Alqueidão bastante mascavado.

Face a este cenário, a estrutura organizativa informou, pela manhã, que não estavam reunidas as condições para que essas motos enfrentassem o estado adverso. Naturalmente que os pilotos não se conformaram com a comunicação e, depois de muita insistência, a organização acabou por aprovar a manga de treinos para testar as máquinas e a própria pista.

Retiradas do “colete-de-forças”, as jovens sacudiram a “água do capote”, colocaram os capacetes e enfrentaram a lama e as contrariedades que daí adviessem. Kika Henriques começou por tomar o pulso ao traçado e, entre “aventuras e peripécias, conduziu a Honda CRF 150preparada pela Lousamotos com arte e mestria.

A piloto lousanense, que se “safou” bem da lama provocada pela intempérie, ficou de imediato à frente das restantes concorrentes femininas, até porque as outras motos não conseguiram rodar naquelas condições, levando a organização a cancelar as mangas destinadas a esta classe.

Naturalmente que soube a pouco, mas já está prometido novos desenvolvimentos para a prova de Sprint Enduro, a disputar em Penacova, no dia 16 de Maio. Até lá, a jovem piloto de 14 anos da equipa Lousamotos, vai manter os índices de confiança em alta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *