Kalle Rovampera entra ao ataque em Felgueiras

Os primeiros 8,91 quilómetros do dia de hoje do Vodafone Rally de Portugal, correspondentes à especial de Felgueiras, foram abordados com precisão pelo piloto finlandês da Toyota Gazoo Racing que amealhou mais uns segundos de vantagem.

PEDRO RORIZ E CARLOS SOUSA (auto.look2010@gmail.com)

Consciente de que nada está decidido, e que os 5,7 segundos de vantagem sobre o inglês Elfyn Evans (Toyota GR Yaris Rally1), com que arrancou da Exponor são escassos para o que falta percorrer, o finlandês Kalle Rovampera (Toyota GR Yaris Rally1) entrou ao ataque e, na primeira passagem por Felgueiras ganhou 2,7 segundos ao seu adversário, elevando para 8,4 segundos o seu avanço sobre o inglês.

Também a luta pelo derradeiro lugar do pódio, já que o espanhol Dani Sordo (Hyundai i20 N Rally1) ganhou 4,5 segundos ao japonês Takamoto Katsuta (Toyota GR Yaris Rally1) e reduziu para 1,2 segundos o atraso em relação ao piloto nipónico, que, para já, fecha um pódio todo Toyota.

Apesar dos abandonos nos dois dias anteriores, o francês Sébastien Ogier (Toyota GR Yaris Rally1) está de regresso à estrada, que abre, com a preocupação de contribuir para a evolução dos carros em pisos de terra, onde fazem a sua estreia.

Nos RC2, o finlandês Teemu Suninen (Hyundai i20 N Rally2) continua tranquilo no comando e aumentou a sua vantagem sobre o francês Yohan Rossel (Citroen C3 Rally2) para 44,8 segundos, com o polaco Kajetan Kajetanowicz (Skoda Fabia Rally2 Evo) a completar o pódio da categoria.

Entre os portugueses, Armindo Araújo (Skoda Fabia Rally2 Evo) ganhou mais 4,3 segundos a Ricardo Teodósio (Hyundai i20 N Rally2) e continua a ser “o melhor português”, agora, com 16,6” de avanço sobre o seu opositor.

CLASSIFICAÇÕES

17.ª PC – FELGUEIRAS 1 (8,91 KM) – 1.º, Kalle Rovampera/Jonne Halttunen (Toyota GR Yaris Rally1), 5’57,0”; 2.º, Elfyn Evans/Scott Martin (Toyota GR Yaris Rally1), 5’59,7”; 3.º, Ott Tanak/Martin Jarveoja (Hyundai i20 N Rally1), 6’01,9”; 4.º, Thierry Neuville/Martijn Wyndaeghe (Hyundai i20 N Rally1), 6’03,5”; 5.º, Sébastien Ogier/Benjamin Veillas (Toyota GR Yaris Rally1), 6’03,6”; 6.º, Dani Sordo/Candido Carrera (Hyundai i20 N Rally1), 6’05,7”; 7.º, Gus Greensmith/Jonas Andersson (Ford Puma Rally1), 6’08,5”; 8.º, Craig Breen/Paul Nagle (Ford Puma Rally1), 6’09,8”; 9.º, Takamoto Katsuta/Aaron Johnston (Toyota GR Yaris Rally1), 6’10,2”; 10.º, Adrien Fourmaux/Alexandre Coria (Ford Puma Rally1), 6’13,8”; …; 15.º, Armindo Araújo/Luís Ramalho (Skoda Fabia Rally Evo), 6’33,4”; 16.º, Ricardo Teodósio/José Teixeira (Hyundai i20 N Rally2), 6’37,7”

GERAL APÓS 17 ESPECIAIS – 1.º, Kalle Rovampera/Jonne Halttunen (Toyota GR Yaris Rally1), 3.19’43,7”; 2.º, Elfyn Evans/Scott Martin (Toyota GR Yaris Rally1), a 8,4”; 3.º, Takamoto Katsuta/Aaron Johnston (Toyota GR Yaris Rally1), a 2’03,3”; 4.º, Dani Sordo/Candido Carrera (Hyundai i20 N Rally1), a 2’04,5”; 5.º, Thierry Neuville/Martijn Wyndaeghe (Hyundai i20 N Rally1), a 2’32,4”; 6.º, Craig Breen/Paul Nagle (Ford Puma Rally1), a 4’13,2”; 7.º, Pierre-Louis Loubet/Vincent Landais (Ford Puma Rally1), a 4’33,5”; 8.º, Ott Tanak/Martin Jarveoja (Hyundai i20 N Rally1), a 4’45,8”; 9.º, Adrien Fourmaux/Alexandre Coria (Ford Puma Rally1), a 7’21,1”; 10.º, Teemu Suninen/Mikko Markkula (Hyundai i20 N Rally2), a 10’35,9” (1.º RC2); …; 15.º, Armindo Araújo/Luís Ramalho (Skoda Fabia Rally Evo), a 18’56,6”; 16.º, Ricardo Teodósio/José Teixeira (Hyundai i20 N Rally2), a 19’13,2”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.